There are no ads, please add some

Vasco Cordeiro propõe programa de reforço para as exportações do setor agroindustrial

O Presidente do PS/Açores anunciou, esta quinta-feira, o reforço do potencial exportador e o apoio à diferenciação de produtos”, nomeadamente através da criação de um “programa específico dirigido à agroindústria que possa reforçar a capacidade exportadora do nosso setor agroindustrial e fomentando a qualificação ambiental dos produtos”.

Vasco Cordeiro discursava num comício perante um pavilhão lotado de apoiantes, em Vila Franca do Campo.

Focando-se essencialmente no setor agrícola, Vasco Cordeiro realçou que os objetivos do PS para a próxima legislatura passam por “melhorar o rendimento dos agricultores, reforçar a competitividade de toda esta fileira” e “promover a sustentabilidade económica, social e ambiental” daquele que considerou ser “um dos grandes pilares da economia regional”.

Vasco Cordeiro entende que deve continuar o trajeto de “redução dos custos da exploração, melhorando as acessibilidades nos caminhos, o abastecimento de água e de energia elétrica”. Neste último ponto, Vasco Cordeiro adiantou que, na próxima legislatura, “temos condições para estender a energia elétrica a mais cerca de 100 explorações agrícolas”.

Vasco Cordeiro lembrou que, no mandato que agora cessa, conseguiu “reduzir a zero a brucelose”, acrescentando que “a promoção da sanidade animal é para continuar”.

O candidato do PS/Açores a Presidente do Governo Regional abordou também a necessidade de “fazer ver, em Bruxelas, que a agricultura nos Açores tem especificidades próprias que devem ser apoiadas, porque valorizam a nossa Região, valorizam a coesão e valorizam aquilo que a União Europeia diz defender”.

Vasco Cordeiro destacou que foi a “Força da Autonomia” que nos permitiu superar os desafios dos últimos quatro anos, provocados por uma “crise que nos bateu à porta” e acentuados por um Governo da República do PSD e do CDS-PP, que se limitou a “descarregar austeridade em cima de austeridade em cima das famílias e das empresas Açorianas”.

“Com a força da Autonomia, nós assumimos uma prioridade clara: as pessoas. Estar ao lado das pessoas é a matriz do Partido Socialista”, sublinhou Vasco Cordeiro que realçou que os resultados alcançados ao longo dos últimos quatro anos dão ao PS “alento e esperança para continuar a lutar pelos Açores e pela construção do nosso futuro”.

Por outro lado, Vasco Cordeiro alertou para ideia errada de que “o PS já terá ganho estas eleições”, acautelando para o “perigo de se pensar assim” e lembrando que “só contam os votos que efetivamente entrarem na urna a 16 de outubro”.

“Se cada um dos Açorianos que pensa em ir votar no PS achar que não deve ir votar ou que deve votar noutro partido, então a maior certeza que podemos ter é que o PS perderá estas eleições”, realçou Vasco Cordeiro, apelando a todos para que se mobilizem e votem no PS/Açores, no próximo dia 16 de outubro.

Texto/Foto: GI-PS/Açores

About The Author

Related posts