There are no ads, please add some

Secretaria da Saúde e Ordem dos Médicos em sintonia na necessidade de alterar as condições para a fixação de médicos e deslocação de especialistas

O Secretário Regional da Saúde assumiu hoje alterar as normas dos incentivos à fixação de médicos e da deslocação de especialistas às ilhas sem hospital.

“O compromisso é o de durante o mês de abril apresentar propostas concretas, quer às ordens quer aos sindicatos, relativamente à deslocação de especialistas, e aos incentivos à fixação dos médicos”, salientou.

Rui Luís, que falava, em Angra do Heroísmo, à margem de uma reunião com a Presidente do Conselho Médico nos Açores da Ordem dos Médicos, realçou a sintonia entre a Ordem dos Médicos e a Tutela em relação à necessidade de alterações.

Depois de concluída a ronda de reuniões com os representantes dos profissionais de saúde, a Secretaria Regional propõe-se apresentar, aos sindicatos e às ordens, uma proposta de alteração legislativa.

Relativamente aos especialistas, afirmou que “temos muitos doentes a deslocarem-se e nós queremos é que eles sejam atendidos na sua própria ilha”, justificou.

O titular da pasta da saúde esclareceu que “não é possível ter todas as especialidades em todas as ilhas” e que “interessa resolver é o sistema de deslocação de especialistas para garantir a acessibilidade de todos os açorianos às especialidades”.

No que toca à fixação de médicos, e conforme decorreu da reunião, “chegámos à conclusão que não são apenas incentivos financeiros que estão em causa” justificando que é importante, por exemplo, criar condições para uma melhoria contínua da qualidade da formação desses médicos.

A ordem dos médicos, por sua vez, demonstrou disponibilidade para acompanhar os profissionais de saúde, no percurso de formação na Região, e contribuir para incentivar as direções dos serviços de saúde a solicitarem as idoneidades formativas.

GaCS/MS

About The Author

Related posts