There are no ads, please add some

Rui Luís assegura implementação de medidas para melhorar procedimentos nas evacuações aéreas

O Secretário Regional da Saúde afirmou hoje, na Horta, que serão implementadas todas as normas e procedimentos para reforçar, cada vez mais, a eficácia da Unidade de Evacuações Aéreas nos Açores.

“Há melhorias a introduzir no sistema, melhorias de comunicação e melhorias de procedimentos, reforçando aquilo que eventualmente não esteja bem”, frisou Rui Luís, que falava na Assembleia Legislativa.

Numa referência às evacuações que ocorreram a 2 de fevereiro de 2017, reafirmou que foi uma situação que não correu bem, entre milhares de evacuações que correram bem antes e depois daquela data.

O Secretário Regional garantiu que será feita uma reflexão em conjunto com os profissionais que estão envolvidos nesta área, com o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, com os centros de saúde e com a Unidade de Evacuações Aéreas, para reforçar medidas a implementar no sistema.

O titular da pasta da Saúde salientou que é da sua competência intervir quando algum serviço não está a funcionar e tentar corrigir.

“Por vezes, quando as coisas não estão a funcionar o Secretário tem de intervir, e vai continuar a intervir” frisou.

“Não posso deixar de exercer o meu poder tutelar sobre a administração”, acrescentou Rui Luís salientando que uma das prioridades para melhorar o sistema de evacuações é a formação.

Nesse sentido, recordou que “já foi anunciado pelo Diretor Regional da Saúde que, na próxima semana, começa um curso de emergência e estabilização do doente crítico dirigido aos médicos internos de Medicina Geral e Familiar”.

Relativamente à necessidade de uma segunda tripulação para os helicópteros da Força Aérea Portuguesa, o governante adiantou que a expetativa é que, até ao final do ano, se confirme uma segunda tripulação para os Açores.

GaCS/Rádio Faial | Foto: GaCS

About The Author

Related posts