There are no ads, please add some

Rui Bettencourt desafia empresas açorianas a inovar para se aproximarem da Europa

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas destacou a importância da inovação, desafiando as empresas açorianas a desempenharem o papel de “empresas cidadãs da Europa”.

Rui Bettencourt, que falava segunda-feira, na Lagoa, na abertura da conferência ‘Inovação: um novo paradigma para o sucesso das organizações’, salientou que este é um conceito muito usado no norte da Europa e que consiste em que as empresas tenham os seus deveres e os seus direitos, onde um dos quais é “serem informadas” e “saberem como se inova”.

“Por isso, estamos hoje aqui”, frisou Rui Bettencourt, que sublinhou a importância das estratégias europeias de inovação como “instrumentos fundamentais para o desenvolvimento e aproximação dos Açores à Europa”, inovando, criando emprego e riqueza na Região.

“A inovação é uma questão chave para o nosso crescimento económico”, afirmou, considerando que se trata de colocar os Açores “a crescer economicamente como outras regiões europeias e fazer frente aos desafios do futuro”.

Na sua intervenção, o Secretário Regional frisou que as empresas açorianas podem ser “tão boas ou melhores que as congéneres europeias”, recordando que, ao longo da sua história, “os Açores, sempre que inovaram, avançaram, criaram riqueza e criaram emprego”.

“Na nossa história, onde esteve a inovação nós estivemos sempre à frente. Foi o que aconteceu com a laranja, com o álcool, com o chá, com o ananás, acontece e aconteceu com o leite e com o turismo”, afirmou.

Para Rui Bettencourt, “é isso que também acontecerá no futuro, com aquilo que é necessário descobrirmos ainda”, acrescentando que, nesse contexto, surgiu o convite a Gilles Garel, especialista em inovação e orador desta conferência, “para ajudar a descobrir e para conhecermos os reflexos da inovação no nosso futuro”.

Antes do início desta conferência, integrada nas comemorações do 60.º aniversário do Tratado de Roma, no âmbito do programa ‘Cidadania Europeia – Europa para os Açorianos’, Rui Bettencourt e Gilles Garel visitaram várias empresas inovadoras instaladas no Nonagon – Parque de Ciência e Tecnologia de S. Miguel.

Na ocasião, Rui Bettencourt manifestou satisfação por Gilles Garel considerar que os Açores se encontram no bom caminho na área da inovação.

Ainda no âmbito da estratégia de aproximação dos Açores a outros territórios europeus, vai ter lugar, a 12 e 13 de abril, em São Miguel, uma conferência internacional promovida pelo Governo dos Açores, em parceria com a OCTA Innovation – Associação dos Países e Territórios Ultramarinos da União Europeia.

Nesta conferência participarão oradores de vários países e territórios para debater questões como a inovação, a sustentabilidade, as energias renováveis e a economia verde e azul, entre outros temas.

Texto/Foto: GaCS/SN

About The Author

Related posts