There are no ads, please add some

Retoma da Economia nota-se “no dia-a-dia dos empresários e das empresas”, garante André Bradford

O crescimento económico, a taxa de desemprego, o indicador de atividade económica, demonstram o atual contexto de retoma que se vive nos Açores: “Todos esses valores têm sido consistentemente positivos, têm vindo consistentemente a crescer e isso não são só números ou estatísticas, isso nota-se no dia-a-dia dos empresários e das empresas”, afirma André Bradford. As declarações do Presidente do Grupo Parlamentar do PS Açores, foram proferidas esta quarta-feira, depois do encontro com o Clube de Produtores da Insco, em Ponta Delgada.

No âmbito da interpelação ao Governo Regional, sobre “Crescimento Económico e Criação de Emprego”, que o Grupo Parlamentar apresentará no Plenário da próxima semana, os deputados socialistas têm promovido um conjunto de encontros com empresários da Região. “O objetivo geral é percebermos a economia real, o estado atual da economia, percebermos o grau de confiança e o clima económico que existe na Região e os efeitos que isso tem nos investimentos e nos projetos em curso, por parte dos empresários açorianos, nas mais diversas áreas”.

André Bradford confirma que a avaliação que os empresários estão a fazer do atual contexto económico “é globalmente positiva”. No caso do Clube de Produtores, o líder parlamentar reconhece que “a ‘Marca Açores’ ajudou muito a fixar a noção, junto do consumidor, do que são os produtos açorianos e que mais-valia é que têm em relação aos restantes”, mas realça a importância das parcerias que se podem estabelecer: “Aqui no Clube de Produtores da Insco visitamos um bom exemplo do que pode ser a interligação entre quem produz nos Açores e quem vende os produtos dos Açores”.

Considera que a produção regional também sai valorizada desta articulação entre os intervenientes: “Esta solução de organizar a produção – no caso dos vegetais e frutas – e ligá-la diretamente a quem depois comercializa, fazendo com que essa relação seja estável, previsível, que o próprio comprador acompanhe o produtor e, em conjunto, definam aquilo que é preciso produzir, quando é que é preciso produzir…” Simultaneamente, sublinha André Bradford, também “permite substituir as importações – que é algo que a nossa economia precisa para crescer”. Ainda sobre este projeto em concreto, os deputados do PS Açores, confirmaram os resultados positivos: “O peso da produção regional já ultrapassou os 50%, em alguns tipos de produtos, e isso é um bom sinal, um sinal de que essas mais-valias, que esse valor, está a ficar na economia regional”, acrescenta o líder parlamentar.

André Bradford elogia quer “a determinação”, quer a “coragem” que os empresários tiveram para ultrapassar o período difícil que as economias, nacional e regional, viveram. “Agora começa a colher-se frutos desse esforço, dessa persistência”.

PS Açores/Rádio Faial | Foto: PS

About The Author

Related posts