There are no ads, please add some

Recuperação das listas de espera, promoção da saúde, formação profissional e infraestruturas são prioridades em 2018, afirma Rui Luís

O Secretário Regional da Saúde afirmou hoje, na Horta, que o reforço das verbas para o próximo ano nesta área é de 2,3 milhões de euros, destacando a “aposta clara” na recuperação das listas de espera.

“Há uma aposta clara na recuperação de listas de espera cirúrgicas com o programa que anunciámos há pouco tempo e também a necessidade de apostar na prevenção e na promoção de hábitos de vida saudáveis”, destacou Rui Luís, que falava após ter sido ouvido pela Comissão dos Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa.

“Já apresentámos uma estratégia global para este efeito que envereda por três áreas: a otimização dos tempos de bloco em cada um dos hospitais, o reforço da produção acrescida depois do horário normal de trabalho e agora o programa Cirurge”, salientou.

Para Rui Luís, “a conjugação desses três fatores irá contribuir para a redução do tempo de espera das pessoas que estão na lista“.

O reforço de verbas de 9,5% na pasta da Saúde, comparativamente ao ano em curso, terá ainda por destino a formação dos profissionais de saúde, uma matéria que será alvo de análise no próximo Conselho Regional de Saúde, a realizar em dezembro.

“Queremos ter um plano global de formação para o próximo ano que inclua também a possibilidade de reforçarmos a formação dos médicos internos da Região, na perspetiva de que eles ao formarem-se nos Açores e estarem mais tempo cá, necessariamente terão a possibilidade de se poderem fixar”, afirmou Rui Luís.

Em 2018, o Governo Regional vai prosseguir com a requalificação da rede de infraestruturas das unidades de saúde e hospitais.

“Vamos consolidar esta rede com a construção do Bloco C do Hospital da Horta e da Unidade de Saúde de Ilha do Faial, bem como com as obras que são necessárias no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada”, salientou o Secretário Regional, acrescentando que vão também “continuar as obras que estão a decorrer ou que já foram lançadas relativamente a vários centros de saúde”.

GaCS/Rádio Faial | Foto: GaCS

About The Author

Related posts