There are no ads, please add some

QUEM ESTÁ A MENTIR?

Como é do conhecimento público realizou-se ontem uma reunião do Governo Regional com o Conselho de Ilha (CI). Apesar de algumas peripécias que antecederam a reunião o que mais interessa é que no decorrer desta os secretários regionais responderam aos assuntos que constavam dos vários pontos do memorando entregue antecipadamente pelo CI ao governo questionando sobre assuntos do interesse do Faial e dos faialenses. No ponto 3 do memorando com o título Acessibilidades maritimas de e com a ilha do Faial, era questionado textualmente: Quando se prevê a chegada e entrada em funcionamento do navio de passageiros inter ilhas em construção em Espanha, que virá substituir o “Mestre Simão”? A resposta da Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, foi que o processo estava a decorrer normalmente e que de acordo com o contrato de adjudicação o navio devia chegar e começar a operar no último trimestre do corrente ano. Acontece porém que num escrito da deputada do PS, Sónia Nicolau, na edição do Correio dos Açores, de 26 de junho, com o título “A meter água desde 1998”, numa narrativa laudatória à governação socialista, com mais de 20 anos, sobre os transportes maritimos a determinado momento é expressamento dito: “o substituto do Mestre Simão, chegará dentro de semanas e o Mestre Gilberto Mariano já está a navegar”. A questão prende-se apenas com a chegada do Mestre Jaime Feijó, visto que a deputada diz que chega dentro de semanas e a Secretária Regional afirma que só ocorrerá no último trimestre do ano, sem precisar o mês. Portanto isto é grave porque alguma das duas detentores de altos cargos politicos do PS está a mentir, com a agravante da afirmação da Secretária Regional ter sido feita numa reunião com o Conselho de Ilha na presença de todos os secretários e do Presidente do Governo, que se não for verdadeira tem a cumplicidade de todos o que politicamente é condenável. É voz corrente que já seguiu para Espanha uma tripulação da Atlanticoline para a vinda do navio e, para nós, quanto mais cedo chegar o Mestre Feijó tanto melhor. A ver vamos, mas alguém em 2019 está a meter água!

Laurenio Tavares

About The Author

Related posts