There are no ads, please add some

PSD/Açores vai apresentar proposta para baixar o IVA

O presidente do PSD/Açores anunciou que o partido vai apresentar uma proposta para baixar a taxa normal do IVA para 16 por cento, com o objetivo de aumentar o poder de compra dos açorianos.
“Nos últimos anos o governo regional ganhou milhões e milhões com o aumento de impostos. Entretanto, as famílias e empresas açorianas perderam rendimentos. Vamos por isso apresentar no parlamento regional uma proposta de redução da taxa normal do IVA de 18 para 16 por cento”, afirmou Duarte Freitas, na sessão de encerramento do XXII Congresso do PSD/Açores.
O líder social-democrata salientou que esta proposta redução do IVA visa “ajudar os açorianos a poupar nas suas despesas”, pois assim “as famílias açorianas pagarão menos pela eletricidade ou por uma botija de gás”.
“Com a nossa proposta de redução do IVA vamos ajudar a dinamizar a economia, fomentando o consumo, graças ao aumento do poder de compra das famílias. O impacto que esta medida terá na receita fiscal será compensado pela maior dinâmica da atividade económica”, frisou.
Duarte Freitas desafiou o Partido Socialista a escolher entre “ajudar as famílias e as empresas açorianas, ou encher os bolsos do governo regional”.
“Durante os anos da ‘Troika’ o Partido Socialista dos Açores criticou o aumento do IVA. A ‘Troika’ já saiu de Portugal há dois anos e a Lei das Finanças Regionais voltou a permitir a redução dos impostos até 30 por cento em relação ao continente. Mas o governo regional recusou usar na totalidade a reposição do diferencial fiscal”, recordou.
Segundo o líder dos social-democratas, “a tarefa de uma oposição ativa não passa apenas pelo combate às políticas erradas que prejudicam os Açores”, mas também “por apresentar alternativas a essas políticas, tendo sempre como objetivo servir os açorianos”.
“Mas a dinamização da nossa frágil economia não depende apenas de impostos mais baixos. Precisamos de mais investimento, mais empresas, mais empresários”, defendeu.
Para o presidente do PSD/Açores, “os fundos comunitários e o investimento privado são fundamentais para a criação de emprego”.
“As pequenas e médias empresas açorianas criam 70 por cento do emprego existente. Mas só receberam 20 por cento dos fundos europeus. O governo regional fica com quase tudo e deixa migalhas para a economia real”, sublinhou.
Duarte Freitas assegurou, por isso, que o PSD/Açores vai “defender a promoção do investimento privado através da orientação de mais fundos europeus para as pequenas e médias empresas”.
O líder dos social-democratas açorianos acrescentou que o partido vai igualmente bater-se pelo “desenvolvimento de uma política de captação de investimento externo, sobretudo junto das comunidades açorianas na diáspora”.
Texto/Foto: GI-PSD/A | RP/RF

About The Author

Related posts