There are no ads, please add some

PSD/Açores quer ouvir Marta Guerreiro sobre descontaminação na Terceira

O grupo parlamentar do PSD/Açores requereu a audição com caráter de urgência da secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro, para prestar esclarecimentos sobre o estado atual do processo de descontaminação de solos e aquíferos da Terceira, fruto da presença militar norte-americana na Base das Lajes.

No requerimento entregue na Assembleia Legislativa dos Açores, os social-democratas açorianos justificam ainda o caráter de urgência da audição da secretária regional com os estudos do Laboratório Nacional de Engenharia Civil que indicam a possibilidade de outras possíveis contaminações na ilha.

Recorde-se que o processo de descontaminação das zonas adjacentes à Base das Lajes, na Praia da Vitória, está parado e não se conhecem as próximas medidas a prosseguir pela Administração norte-americana.

Na sessão plenária de março do parlamento açoriano, Vasco Cordeiro, presidente do Governo, disse que “é responsabilidade, em primeiro lugar, dos Estados Unidos limpar o passivo ambiental que deriva da presença de forças militares norte-americanas na ilha Terceira”, mas admitiu que “o Governo da República fará como entender”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, já admitiu, por seu turno, que não vai exigir aos EUA uma compensação na ordem dos 167 milhões de euros anuais, durante 15 anos, dos quais 100 milhões se destinam a “reconversão e limpeza ambiental”, como determina o Plano de Revitalização Económica da ilha Terceira (PREIT).

O ministro afirmou mesmo que “vale zero” o documento que em tempos chegou a ter a concordância do primeiro-ministro, António Costa, e que parece agora rasgado, razão pela qual desconhece-se qual vai ser a posição do Governo da República na próxima comissão bilateral Portugal-EUA, agendada para maio.

Texto/Foto: GI-PSD/Açores

About The Author

Related posts