There are no ads, please add some

PSD/Açores propõe aumento do “cheque pequenino”

O PSD/Açores vai propor um aumento de 10 por cento do complemento regional de pensão (“cheque pequenino”) no âmbito da discussão e votação do Plano e Orçamento dos Açores para 2017, beneficiando 35 mil pensionistas.
O presidente do partido, Duarte Freitas, que reuniu hoje com a direção da União Regional das Misericórdias dos Açores, em Angra do Heroísmo, defendeu que os açorianos em condições sociais e económicas vulneráveis “não podem ficar à margem do Orçamento regional” e desafia o executivo açoriano a “olhar para os grupos sociais vulneráveis que o Governo do PS faz aumentar cada vez mais nos Açores”.
Em janeiro, os Açores contavam 18.729 dependentes do Rendimento Social de Inserção (RSI), número que leva a região a fixar-se como a terceira do país com mais pessoas a receber esta prestação social, apenas atrás de Lisboa e Porto, que têm uma população muito superior.
Comparando o número de pessoas a depender do RSI em função do total da população, nos Açores 7,6 por centro da população dependem desta prestação social, enquanto a nível nacional ronda os dois por centro.
No encontro, o líder dos sociais-democratas açorianos elogiou ainda o “excelente trabalho” feito pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social nos Açores, sobretudo no apoio “aos que mais sofrem”, apesar deste esforço “nem sempre merecer o devido reconhecimento da parte de quem governa”.
Recorde-se que na anterior legislatura, o PSD/Açores propôs o aumento do “cheque pequenino” em 10 por cento, mas a proposta foi chumbada pelo Partido Socialista.
Texto/Foto: PSD/Açores

About The Author

Related posts