There are no ads, please add some

PSD/Açores lamenta chumbo do PS a audições sobre fuga de informação

O grupo parlamentar do PSD/Açores lamentou hoje que o PS tenha chumbado a audição dos anteriores responsáveis do setor da Saúde sobre a fuga de informação que conduziu à divulgação ilegal dos dados pessoais de 230 mil utentes do Serviço Regional de Saúde.
“O apuramento da verdade sobre esta grave situação deveria obrigar à audição de todos os responsáveis no parlamento. Infelizmente, o Partido Socialista não pensa da mesma forma e recusou ouvir todos os responsáveis”, disse a deputada Mónica Seidi.
A social-democrata falava após a reunião da comissão de Assuntos Sociais em que a maioria socialista chumbou a audição, proposta pelo PSD/Açores, de Rosa de Matos Zorrinho, presidente da Saudaçor em setembro de 2014, altura em que se deu a divulgação na Internet de uma base de dados com informação pessoal de 230 mil utentes do Serviço Regional de Saúde.
Mónica Seidi lamentou que o PS também tenha recusado a audição do anterior secretário regional da Saúde, Luís Cabral, “que era politicamente responsável pelo setor na altura que se verificou esta massiva fuga de informação”.
“Independentemente do desinteresse do Partido Socialista em apurar toda a verdade, o grupo parlamentar do PSD/Açores tudo fará para que haja a maior clarificação possível sobre este lamentável caso”, disse a deputada social-democrata.
As audições propostas pelos social-democratas mereceram o voto favorável dos restantes partidos da oposição presentes na reunião da comissão parlamentar de Assuntos Sociais.
Texto/Foto: GI-PSD/Açores

About The Author

Related posts