There are no ads, please add some

PSD/Açores defende criação de política marítima regional

O PSD/Açores defendeu hoje a criação de uma política marítima regional, alegando que só desta forma a Região pode fazer a “gestão e a utilização sustentável” do mar.
“Se essa política marítima integrada regional não existe que seja rapidamente elaborada para permitir a gestão e a utilização sustentável do nosso mar”, afirmou o deputado social-democrata Luís Garcia, na Assembleia Legislativa dos Açores, durante o debate do programa de governo.
O parlamentar do PSD/Açores salientou que, “numa Região marítima e atlântica em que urge criar riqueza e emprego sustentável, a ausência de uma política marítima é uma omissão muito penalizadora e incompreensível”.
“Os avanços na aposta no Mar passam também por exercermos bem e na plenitude as competências que já temos e por fazermos bem e atempadamente o nosso trabalho de casa. E neste domínio como se comprova temos muitas lacunas”, disse.
Luís Garcia sublinhou que uma política marítima regional “deve identificar e estabelecer uma estratégia para desenvolver os diversos componentes do ‘hypercluster’ da economia do Mar”.
Segundo o deputado social-democrata, no caso do mar dos Açores é necessário ter em conta diversos domínios, nomeadamente o “ambiente, biodiversidade, transportes, energia, turismo, desporto, ordenamento do território, pescas, aquacultura, biotecnologias, construção e reparação naval, defesa e segurança no mar, infraestruturas portuárias e serviços marítimos, formação e investigação científica”.
“Compatibilizar e potenciar todas estas vertentes é uma tarefa que tem tanto de dificuldades quanto de desafios, e que para ter sucesso deve ser definida em diálogo e com a colaboração de todos os agentes e setores envolvidos”, considerou.
Luís Garcia acrescentou que para a Região ter uma política marítima bem-sucedida esta “deve ser alicerçada no conhecimento científico, deve atrair e envolver investimento privado e promover a formação e a qualificação de recursos humanos para as atuais e para as novas profissões do mar”.
“O governo regional tem agora mais uma oportunidade para operacionalizar esta aposta. Não há mais tempo para desculpas e omissões”, concluiu.
Texto/Foto: GI-PSD/A | RF/RP

About The Author

Related posts