There are no ads, please add some

“PSD/A só tem criticas para apresentar como estratégia para os Transportes”, afirma o deputado Francisco César

“Com todas as dificuldades que ultrapassamos aos mais de 20 anos, a verdade é que os governos do Partido Socialista têm conseguido reformar, sucessivamente, a área dos transportes”, começou por afirmar o deputado Francisco César, no debate sobre os transportes, que decorreu esta quinta-feira na Horta. Às críticas, Francisco César respondeu com os resultados que “estão à vista”, lembrando, por exemplo “o número de passageiros transportados e desembarcados nas ilhas que tem vindo, sucessivamente, a subir” e “o número de turistas”.

No entanto, como sublinhou o deputado do Grupo Parlamentar do PS Açores, “o bom trabalho de um Governo não se vê apenas na capacidade que tem de conseguir fazer uma reforma, mas na capacidade de ao longo do tempo de conseguir aperfeiçoar, sucessivamente, o trabalho que foi feito”.

Em relação ao grupo SATA, Francisco César realçou que “hoje está forte, que enfrentou muitas dificuldades, que foi chamada a intervir durante os períodos de crise – e com isso penalizou, em muito, a sua situação económica -, mas que hoje tendo feito o seu papel e tendo salvo a economia açoriana nos anos de crise, está cada vez mais forte”. Uma prova disso é o facto de que, num cenário de concorrência, a transportadora açoriana “está a ter boas ocupações, está a ter bons resultados financeiros e está a servir inteiramente a Região Autónoma dos Açores”.

E em resposta à bancada da oposição sobre a liberalização, Francisco César explicou que “se fosse com 10 anos de atraso – como dizem alguns iluminados do Partido Social Democrata – teria acontecido como na Madeira onde, aconteceu a liberalização e o trafego de passageiros diminuiu significativamente”.

A oposição também foi confrontada sobre qual a estratégia que defende para os transportes marítimos, sem ser “a da critica pela critica” já que, conforme destacou o deputado do PS Açores Miguel Costa, “a única coisa que os senhores propõem, para transporte marítimo de passageiros, é voltar a estudar o estudo do Governo Regional”.

Reconhecendo que neste setor “falta sempre fazer mais, falta corrigir e pode ser melhorado”, lamenta que o PSD Açores se limite a uma politica de negação: “O número de turistas aumenta e os senhores dizem que isto não é politica de transportes. O número de passageiros desembarcados aumenta – e bate recordes – os senhores vêm cá e dizem que isto não é politica de transportes. O número de lugares disponíveis, para todas as ilhas, aumenta e os senhores dizem, isto não é politica de transportes.

O número de mercadoria transportada aumenta e esta ainda com maior capacidade e os senhores vêm cá e dizem que isto não é politica de transportes. O número de passageiros transportados no transporte marítimo ganha dimensões extraordinárias e os senhores vêm cá e dizem que isto não é politica de transportes…” Como conclusão, Miguel Costa afirma: “O que os senhores não sabem é o que querem. Ou melhor, sabem é que querem dizer mal de tudo e de todos”.

Texto/Foto: GP PS/Açores

About The Author

Related posts