There are no ads, please add some

Proteção Civil dos Açores e autoridade marítima alertam para agravamento do tempo

A autoridade marítima e a Proteção Civil dos Açores emitiram hoje um alerta a recomendar medidas de precaução tendo em conta a previsão de agravamento do tempo no arquipélago, em especial com agitação marítima e vento.

Segundo o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), que cita o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), foram emitidos avisos amarelos para o grupo Ocidental (Flores e Corvo) referente a vento no período entre as 11:00 locais (mais uma hora em Lisboa) e as 15:00 de hoje.

O aviso amarelo para aquelas ilhas estende-se ainda à agitação marítima a partir das 12:00 e até às 18:00 de hoje.

Para o grupo central (Terceira, Pico, São Jorge, Graciosa e Faial), foi emitido aviso amarelo de precipitação das 12:00 às 18:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Face a estas previsões, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção.

Em comunicado, a Capitania do Porto de Santa Cruz das Flores e a Capitania do Porto da Horta alertam também para a possibilidade de aumento da agitação marítima a partir de hoje e recomenda à comunidade marítima “a adoção de medidas de precaução, verificando e reforçando a amarração, ou varando em lugar seguro as suas embarcações”.

“A população em geral deve evitar as zonas costeiras, em especial as expostas à agitação marítima”, acrescenta o mesmo comunicado, referindo que nas Flores e Corvo a agitação marítima de oeste, rodando para noroeste, acompanhada por vento forte, pode ter valores de altura significativa superior a quatro metros a partir do final da manhã de hoje, situação que se deverá agravar ao longo de terça e quarta-feira, com possibilidade de ondas de cerca de seis metros de altura.

Nas Ilhas do Triângulo (Pico, Faial e São Jorge), poderão ser registadas ondas de quatro metros.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts