There are no ads, please add some

Paulo Teves destaca papel dos jovens na promoção da interculturalidade na escola e na comunidade

O Diretor Regional das Comunidades destacou hoje, em Ponta Delgada, a importância da ação dos jovens açorianos “na construção de uma sociedade cada vez mais justa e solidária”, salientando o seu papel na “dinamização e promoção da interculturalidade junto dos espaços escolares e das comunidades onde residem”.

Paulo Teves, que falava no final de um encontro com o grupo de alunas que venceu o concurso ‘Açores, Mar de Culturas’, elogiou o trabalho vencedor, considerando que “apresenta a realidade da diversidade cultural existente nas ilhas açorianas, bem como as diferentes motivações que levaram os imigrantes a escolher o arquipélago como o seu novo lar”.

Para o Diretor Regional, a qualidade dos restantes trabalhos apresentados a concurso por grupos de estudantes de escolas de Santa Maria, São Miguel, Faial e Pico também demonstra o “interesse dos jovens açorianos na divulgação da multiculturalidade existente na Região”.

Ana Amaral, Olívia Taveira e Tatiana Teves, da Escola de Novas Tecnologias dos Açores, foram as vencedoras do concurso, sob orientação do professor Pedro Trindade, tendo apresentado um vídeo sob a forma de reportagem jornalística onde descrevem os Açores como um espaço que acolhe a diversidade, colocando de parte a discriminação racial e cultural.

A reportagem, tendo como imagem de fundo os diversos cenários açorianos, incide num enquadramento geral da imigração nos Açores, dando particular destaque à história de imigrantes naturais do Brasil, China e Itália que residem na ilha de São Miguel.

Este grupo de alunas desloca-se a Lisboa e a Genebra, de 11 a 16 de setembro, onde visitará instituições que desenvolvem o seu trabalho na área das migrações, nomeadamente o Centro Nacional de Apoio ao Imigrante e o Alto Comissariado para as Migrações, ambos em Lisboa, assim como, em Genebra, a Organização Internacional das Migrações, onde será recebido pelo Diretor Geral, William Lacy Swing, e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, sendo recebido pelo Chefe de Gabinete, Sultan-Khan.

“Para o Governo dos Açores, estas iniciativas, enquadradas numa política de educação intercultural, fomentam o conhecimento da realidade atual dos Açores e a promoção de uma cidadania ativa e inclusiva”, afirmou Paulo Teves, manifestando o desejo de que a viagem “seja enriquecedora para o aprofundamento deste fenómeno, não apenas numa perspetiva regional, mas também a nível nacional e internacional”.

O concurso, uma iniciativa do Governo dos Açores promovida pela Direção Regional das Comunidades, teve como tema a imigração nos Açores e visou incentivar os jovens estudantes açorianos a aprofundar conhecimentos sobre esta temática no contexto insular, relevando a diversidade cultural e a interculturalidade como fatores essenciais para uma plena integração das comunidades imigrantes na sociedade açoriana, utilizando, para o efeito, as novas tecnologias de comunicação e imagem.

A iniciativa destinou-se a alunos do 10.º e 11.º anos de escolaridade e dos dois primeiros anos de cursos profissionais de nível 4, inscritos em estabelecimentos de ensino nos Açores.

http://www.azores.gov.pt/GaCS/Noticias/2014/Setembro/Paulo+Teves+destaca+papel+dos+jovens+na+promo%C3%A7%C3%A3o+da+interculturalidade+na+escola+e+na+comunidade.htm

About The Author

Related posts

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.