There are no ads, please add some

Parlamento dos Açores aprova voto de pesar por “açoriano de corpo inteiro”

A Assembleia Legislativa dos Açores aprovou hoje um voto de pesar pela morte do eurodeputado André Bradford, lembrando-o como um “açoriano de corpo inteiro” e um “homem bom” que “fará falta aos seus amigos e à sua terra”.

Bradford, diz o voto subscrito por todos os partidos com assento no parlamento açoriano, era “respeitado e reconhecido pelos seus adversários” pela sua “consistência intelectual e pela sua ética” e era “estimado e seguido, pelos seus camaradas, pelo seu exemplo e amizade”.

Descrito no voto como um “filho atencioso para com a sua mãe, um pai dedicado e atento de quatro filhos e um marido apaixonado e carinhoso”, o socialista André Bradford “era um açoriano de gema, um homem de cultura, que apreciava música, o futebol, a gastronomia ou a literatura”.

“Desde cedo revelou apetência pela causa pública e gosto pelo debate de ideias, tendo passado, como jornalista, por redações como a do Diário de Notícias, da TVI (como estagiário) ou do Açoriano Oriental”, é referido.

André Bradford morreu no dia 18 de julho no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, aos 48 anos de idade.

O socialista estava em coma induzido após um episódio de síncope e paragem cardiorrespiratória.

O voto de pesar, lido pelo seu sucessor à frente da bancada parlamentar do PS, Francisco César, foi hoje apresentado no reatar de trabalhos, após as férias, da Assembleia Legislativa dos Açores.

O eurodeputado havia tomado posse no início de julho no Parlamento Europeu, após ter seguido em quinto lugar na lista do PS às europeias de maio.

Natural de Ponta Delgada, André Bradford era licenciado em Comunicação Social e tornou-se em 2000 assessor de imprensa da Secretaria Regional do Ambiente dos Açores, tendo desempenhado depois funções de assessor político e de secretário regional.

Como deputado à Assembleia Legislativa dos Açores, exercia as funções de líder do grupo parlamentar do PS até ter sido apontado pela estrutura regional do partido para integrar a lista nacional socialista nas eleições europeias de 26 de maio.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts