There are no ads, please add some

“Novas Obrigações de Serviço Público trarão nova dinâmica ao Turismo dos Açores”, salientou Miguel Costa

“Fruto da revisão das obrigações de serviço público de transporte aéreo entre os Açores, Continente e Madeira, e da revisão destas para o mercado de voos interilhas, teremos muito em breve uma nova dinâmica nos transportes aéreos, o que trará expectáveis impactos positivos para o Turismo dos Açores. É com esse novo paradigma que se projeta a atuação no sector para 2015 e anos seguintes”, salientou Miguel Costa.

O Vice-Presidente da bancada parlamentar socialista falava esta quarta-feira, na Horta.

Miguel Costa frisou que “esta grande novidade só é realmente grande porque o Governo dos Açores nunca, em momento algum, abdicou da devida proteção dos residentes e estudantes, estabelecendo para isso um teto máximo nessas tarifas”.

O deputado socialista lamentou que o líder parlamentar do PSD procure “fazer permanentemente um aproveitamento político, manifestando uma grande falta de honestidade intelectual” ao querer “reclamar para si o sucesso destas negociações, quando em 2 anos nada influenciou o seu partido na República, nem esclareceu qual a sua estratégia para o sector, preferindo rodopiar em contradições”.

Miguel Costa evidenciou a “aposta clara do Governo dos Açores no Turismo e Transportes”, salientando o “reforço de verbas patente no Plano de Investimentos para 2015 na ordem dos 23%”.

O deputado socialista classificou que a “década e meia de existência do Turismo dos Açores começa agora a atingir uma fase de maturação”, tendo registado ao longo dos últimos anos “ajustamentos que são normais num mercado tão concorrencial e sazonal”.

“Nesse sentido tem-se trabalhado firmemente na consolidação da nossa presença junto dos principais mercados emissores, numa forte aposta de comunicação com o cliente final e na promoção do destino turístico Açores, afirmando a sua notoriedade como destino de natureza sustentável e experiencial, amplamente reconhecidas e premiadas internacionalmente”, frisou Miguel Costa.

“Seguimos no bom caminho enquanto destino de qualidade, mas tal não significa que a caminhada a percorrer esteja isenta de obstáculos e de dificuldades. Com o esforço do Governo dos Açores e dos empresários açorianos que muito trabalham e têm investido, porque acreditam no sector do turismo nos Açores, saberemos conquistar os desafios com que estamos confrontados”, finalizou Miguel Costa.

Texto | Foto: GI-PS/A | Rádio Faial

About The Author

Related posts