There are no ads, please add some

“Natal com Tradição” com dimensão social e económica

Um programa diversificado e com objetivos sociais e económicos caracteriza o “Natal com Tradição”, proposto pela Câmara Municipal da Horta para animar a época natalícia e de Passagem de Ano, na ilha do Faial.

Em conferência de imprensa realizada esta sexta-feira nos Paços do Concelho, o Presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva, salientou a necessidade de “defendermos as nossas tradições”, através de um programa que reúne cerca de 20 entidades parceiras e 31 atividades, no período de 8 de dezembro (Dia das Montras) e 6 de janeiro de 2016 (Receção aos Ranchos de Natal nos Paços do Concelho).

Para a concretização das várias iniciativas, nas quais se incluem, pela primeira vez na ilha do Faial, a realização de um espetáculo piromusical aquático na Passagem de Ano, a Câmara Municipal da Horta conta investir cerca de 35 mil euros, “um investimento”, garante o autarca, sobretudo em termos de retorno económico e de dinamização do comércio local.

Neste contexto, acrescentou, haverá lugar a uma melhoria dos motivos natalícios ligados à iluminação de Natal, que este ano serão alargados à Rua da Conceição e à Rua Vasco da Gama até à Pousada de Santa Cruz.

O Dia das Montras, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria da Horta, terá, para além de um investimento municipal direto, uma cooperação financeira da autarquia com a Câmara de Comércio e Indústria da Horta num valor superior a 5 mil euros e que resultará em diversas atividades de rua, entre as quais a instalação de uma máquina de neve, que trará à cidade, a imagem de “um Natal branco”.

O programa “Natal com tradição” foi construído a pensar em todas as faixas etárias, com a realização de um ATL no Banco de Artistas e cinema em 3D no Teatro Faialense, um Festival Tecnológico associado à Horta Lan Party, para os mais jovens, o Festival de sopas ou os ran-chos de Natal, por exemplo, para as faixas etárias mais elevadas.

“Em termos económicos envolverá desde o setor primário ao setor terciário, com as sopas no mercado, o impulso que se pretende dar ao comércio tradicional e a envolvência da restauração com a criação de um roteiro gastronómico”, disse José Leonardo Silva, acrescenado que “o Natal é uma época de consumo mas também de alegria e convívio”.

Do programa, o Presidente da Câmara Municipal realça, ainda, a passagem de Jorge Palma pelo palco do Teatro Faialense, o Azores Winter Festival, em parceria com jovens locais, que pela primeira vez animará a passagem de ano numa tenda instalada no Parque da Alagoa, por onde passarão DJ’s de qualidade, para além dos concertos de Natal e de Ano-Novo, que em termos culturais se evidenciam.

“Este programa é para as pessoas e também para o comércio”, afirmou José Leonardo Silva, que apelou aos comerciantes para reverem os seus horários e abertura e de encerramento para darem oportunidade às pessoas de consumirem nestes espaços e salientou a preocupação da autarquia ao nível da contenção de custos apesar do acréscimo de propostas.

Por sua vez Lomelino Vieira, da Câmara de Comércio e Indústria da Horta frisou “a quantidade de propostas apresentadas e a sua diversidade” como atrativos à participação das pessoas.

Texto/Foto: GI-CMH | Rádio Faial

About The Author

Related posts