There are no ads, please add some

José Leonardo Silva quer investimento no porto da Horta sem comprometer o futuro

O Presidente da Câmara Municipal da Horta reuniu esta terça-feira, com a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas e os técnicos responsáveis pela elaboração do projeto de requalificação da segunda fase das obras do Porto, para analisar o previsto para aquele investimento estruturante para o concelho.

Nesse contexto, foi convidada a Comissão Municipal dos Assuntos do Mar a participar desse encontro, tendo em conta que aquela comissão consultiva reúne as várias entidades intervenientes na vida do Porto da Horta, que também avaliou as propostas da autarquia, para o ano de 2018, ao nível do Mar, Inovação e Empreendedorismo.

No final da reunião, José Leonardo Silva salientou a abertura do Governo Regional e da Secretária Regional da tutela, em discutir com os vários parceiros aquele investimento, registando que “não devemos ter receio de discutir os assuntos, sejam eles quais forem, e que temos de estar abertos a esta reflexão e a esta abertura numa altura em que queremos potenciar a Horta Capital-Mar dos Açores”.

“Vamos agora elaborar um documento a demonstrar o que achamos positivo e as nossas preocupações sobre o que nos foi apresentado”, garantiu José Leonardo Silva, para quem “Importa não desperdiçarmos os 14 milhões de orçamento previsto para o nosso porto, desde que essas obras não ponham em causa, quer os investimentos futuros, quer a segurança do Porto. Sabemos que não existem soluções ideais, mas também não podemos descurar as condições de operacionalidade na Marina norte”, afirmou o autarca faialense.

De acordo com a Secretária Regional “este é um processo de diálogo e abertura a outras soluções. A situação da agitação marítima foi acautelada na revisão do projeto. Continua a ser uma preocupação, sobretudo na marina norte, pelo que é este ponto que temos que aguardar e ver se haverá alguma solução apresentada.”

CMH/Rádio Faial | Foto: CMH

About The Author

Related posts