There are no ads, please add some

João Ponte afirma que a ilha do Faial vive novo ciclo de desenvolvimento

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou, na Horta, que os investimentos do Governo dos Açores previstos e em curso no Faial atestam que a ilha vive um novo ciclo de desenvolvimento.

“Os investimentos avultados que estão previstos ou em curso na ilha do Faial, designadamente a Escola do Mar dos Açores, a construção da Unidade de Saúde de Ilha ou, na área social, a remodelação e ampliação da creche O Castelinho, bem como o futuro Centro de Dia dos Flamengos, são essenciais para a criação de emprego e para criar novas oportunidades”, frisou João Ponte, que falava quarta-feira na sessão solene comemorativa do 185.º aniversário da cidade da Horta.

Oportunidades que já estão a ser aproveitadas pelos Faialenses, disse João Ponte, destacando que o turismo cresce nesta ilha de forma “muito expressiva e acima da média regional” ao nível das dormidas, adiantando que, nos primeiros quatro meses deste ano, o aumento atingiu 6,5% comparativamente com igual período em 2017, enquanto nos proveitos gerados o crescimento alcançou os 19%, “evidenciando, assim, a capacidade do Faial extrair valor do setor turístico, em virtude de crescer mais nos proveitos do que nas dormidas”.

Relativamente ao setor agrícola, o Secretário Regional salientou a construção do novo Matadouro do Faial e os investimentos previstos na Quinta de São Lourenço, exemplos que considerou serem “essenciais para ajudar os agricultores faialenses a melhorar a rentabilidade das explorações, reduzir custos e garantir a sustentabilidade da agricultura na ilha”.

“Todos estes investimentos também comprovam o empenho e a ação do Governo Regional no sentido de dotar a ilha de mais e melhores infraestruturas, que possibilitem mais e melhor economia, mais investimento privado, mais e melhor emprego”, afirmou, frisando que os Açores vivem atualmente uma nova realidade económica e social.

João Ponte defendeu ainda que a união de esforços entre o poder regional e local tem permitido aos Açores vencer desafios, modernizar-se e levar a cabo projetos estruturantes do ponto de vista económico e de coesão social.

“A Região é um bom exemplo de boa cooperação entre o Governo Regional e os municípios, com ganhos para as populações que servimos. Na área social, ambiental, na agricultura temos muitas e boas parcerias”, afirmou o Secretário Regional.

Para João Ponte, se todos trabalharem em cooperação será mais fácil promover mais desenvolvimento económico e social nos Açores.

Na sua intervenção, elogiou ainda as cerca de duas dezenas de personalidades e instituições que foram distinguidas pela Câmara Municipal da Horta pelo empreendedorismo empresarial e ação cívica e que, desta forma, ajudaram a Horta a afirmar-se no panorama regional e internacional.

GaCS/Rádio Faial | Foto: GaCS

About The Author

Related posts