There are no ads, please add some

João Castro, deputado do PS, quer rotulagem do leite o mais breve possível

“Portugal já está em condições de legislar sobre a rotulagem do leite”, congratulou-se recentemente o deputado do PS eleito pelos Açores, João Castro, numa interpelação ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, depois da autorização do Conselho de Ministros da União Europeia para tornar obrigatório que o leite e os produtos lácteos tenham nas embalagens a menção de origem portuguesa.

Durante a audição do ministro Capoulas Santos na Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar, João Castro lembrou que tal só foi possível por iniciativa do atual Executivo. Esta decisão é fundamental, frisou o deputado, que acredita que esta medida é crucial para o consumidor, sobretudo nos dias de hoje em que “trigo e joio facilmente se confundem”. “Há produtos que nada têm a ver com o leite, a disfarçar-se de leite na sua comercialização”, criticou o parlamentar socialista.

João Castro lembrou, todavia, que há algum pioneirismo. “Em bom rigor, Portugal torna-se no segundo Estado-membro, depois de França, a adotar este tipo de medidas”, observou, questionando o ministro Capoulas Santos sobre os próximos passos. “No âmbito deste trabalho sobre a rotulagem do leite, que avanços podemos esperar relativamente a este dossier?”, perguntou o deputado do PS eleito pelos Açores à Assembleia da República.

Texto: GI-PS/A | Foto: Direitos Reservados | RP

About The Author

Related posts