There are no ads, please add some

Governo dos Açores vai prosseguir estratégia de dotar as escolas com equipamento informático, garante Avelino Meneses

O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou hoje, em Ponta Delgada, que o Governo dos Açores vai prosseguir a estratégia de dotar as escolas com equipamento informático, transformando-o numa ferramenta “tão vulgar como o papel e o lápis”.

Avelino Meneses, que falava no I Encontro Regional de Tecnologias na Educação, adiantou que o departamento governamental que tutela iniciou, no ano em curso, um processo de disponibilização de meios informáticos às escolas mais carenciadas.

Esta disponibilização de equipamentos, que se traduziu num investimento de cerca de 60 mil euros, abrangeu já as escolas básicas e secundárias de S. Maria, Flores e Corvo, referiu.

Para Avelino Meneses, num mundo digital “a tecnologia deve fazer parte do nosso quotidiano”. Porém, essa tecnologia é “somente” uma parte da solução, um “complemento” da ação educativa no ensino do “pensamento crítico e na difusão e valores”, que constituem as incumbências “supremas” de todas as escolas, frisou.

“Acima de tudo”, acrescentou, a utilização das novas tecnologias tem de “ser um instrumento” do ProSucesso Açores pela Educação, programa de promoção do sucesso escolar, iniciado no ano letivo 2015-2016, que “foi pensado para o longo prazo de 10 anos”, mas do qual já se retiram “alguns resultados encorajadores”.

O titular da Secretaria Regional da Educação e Cultura referiu que, de acordo com os últimos indicadores conhecidos, se apurou no ano letivo de 2016-2017 comparativamente letivo anterior, ao nível do ensino básico, “uma melhoria” de resultados.

“Claro que não atingimos ainda os patamares pretendidos”, referiu. No entanto, quando os resultados “melhoram” e quando “também, ano a ano, encurtamos distâncias” para as médias nacionais “só podemos estar necessariamente no bom caminho”, enfatizou.

Avelino Meneses garantiu, por outro lado, que no início de mais um ano letivo estão reunidas “todas as condições” para a realização de “uma aprendizagem de mestria traduzida de novo em melhoria de resultados”, quando estão “devidamente” colocados, tal como no ano letivo passado, cerca de 5.000 docentes para um número de alunos “ligeiramente inferior” ao registado em 2016-2017.

O primeiro Encontro Regional de Tecnologias na Educação, a decorrer na ilha de S. Miguel, aborda a integração de dispositivos móveis na sala de aula, com o objetivo de melhoria de aprendizagem, bem como temáticas relacionadas com a programação 3D e robótica.

GaCS/PB/Rádio Faial | Foto: GaCS/PB

About The Author

Related posts