There are no ads, please add some

Governo dos Açores vai investir na requalificação de espaços turísticos

 Governo dos Açores anunciou hoje vai reforçar as verbas no setor do turismo em 2018, para investir na formação dos profissionais do setor e para requalificar os principais espaços de interesse turístico do arquipélago.

A informação foi dada pela secretária da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro, após ser ouvida na Comissão de Economia do parlamento dos Açores, na Horta, ilha do Faial, no âmbito da audição dos membros do executivo regional sobre as propostas do Plano e Orçamento regionais para o próximo ano.

“Dentro dos investimentos nas áreas do turismo não posso deixar de destacar a requalificação dos principais locais de interesse turístico, nos quais é necessário intervir em concertação com outras entidades, nomeadamente, com a Secretaria Regional da Transportes e Obras Públicas”, explicou Marta Guerreiro.

Para a governante, essa intervenção, que será realizada em várias ilhas do arquipélago, terá de ser coordenada para garantir, simultaneamente, “as condições de usufruto” desses pontos de interesse turístico e a devida preservação da natureza”.

Outra das áreas de investimento no setor do turismo é a da formação profissional, que será realizada como complemento às ações que já estão previstas em “todas as escolas profissionais da região”.

Segundo Marta Guerreiro, os documentos orçamentais para 2018 contemplam um “aumento significativo de verbas” para o setor do turismo, que passará a contar com um total de 28 milhões de euros, o que representa um crescimento de 8% face ao Orçamento do corrente ano.

“Mas se virmos o esforço direto da região em matéria de orçamento no Turismo, temos mais 18% a serem investidos num setor que, reconhecidamente, tem tido impactos muito positivos na criação de emprego e de riqueza da região”, destacou.

Os documentos que definem as linhas estratégicas de investimento do Governo Regional, liderado pelo PS, para o próximo ano incluem também, um reforço de verbas para a área do ambiente, que passa a contar com cerca 20 milhões de euros para investimentos.

“Isto traduz uma estratégia de continuidade nas políticas que vêm sendo implementadas há mais de uma década, para dotar a região de infraestruturas e instrumentos que permitam algum conforto no que diz respeito à matéria de qualidade ambiental, mas que, naturalmente, necessitam de estar muito ligadas com o desenvolvimento que temos sofrido na região, muito pelo impacto que o turismo tem causado”, justificou a secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo.

Já na área energética, prevê-se um investimento para 2018 na ordem dos três milhões de euros, cerca do dobro do ano em curso, para aplicar em dois “projetos-chave”, a mobilidade elétrica e a eficiência energética.

As propostas de Plano e Orçamento para 2018 serão discutidas e votadas na Assembleia Legislativa Regional na última semana deste mês.

Lusa/Rádio Faial | Foto: GaCS

About The Author

Related posts