There are no ads, please add some

Governo dos Açores reforça apoios para o setor agrícola e avança com investimentos em zonas afetadas pelo mau tempo

O Conselho de Governo, que reuniu em Angra do Heroísmo, deliberou, entre outras medidas, o reforço da linha de apoio aos agricultores designada SAFIAGRI III, aumentando de 80 milhões para 140 milhões de euros o valor do volume de empréstimos apoiáveis.

“Esta linha foi criada para diminuir os encargos mensais das explorações agrícolas, numa altura de baixa generalizada dos rendimentos do setor devido ao difícil contexto internacional e pretendemos, assim, reforçar este importante mecanismo de apoio”, afirmou hoje o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

Berto Messias, que falava na conferência de imprensa para apresentação das conclusões do Conselho de Governo, realçou também a aprovação do reconhecimento do projecto ‘Reforço da competitividade e da base tecnológica do leite UHT com lançamento de novos produtos’, promovido pela empresa Unileite, como Projeto de Interesse Regional (PIR).

“Este projeto visa adequar a capacidade produtiva do promotor aos crescentes volumes de leite recolhido e transformado, através de uma linha de tratamento e embalamento de leite UHT com capacidade de 15 mil litros por hora, o dobro da capacidade atual, assim como reforçar e dar sustentabilidade à exploração de leite UHT, através do lançamento de um novo leite selecionado ou Premium gerador de valor acrescentado adicional e de forte notoriedade da marca Nova Açores”, salientou Berto Messias.

O Secretário Regional referiu ainda que este projeto de investimento vai “reforçar toda a matriz da fileira leiteira quer de São Miguel, quer nas ilhas de São Jorge, Faial e Pico, conferindo-lhe novas soluções, traduzidas no aumento da capacidade produtiva e reforço da competitividade do negócio”, acrescentando que envolve um investimento global de aproximadamente 9,5 milhões de euros.

O Conselho de Governo aprovou também o lançamento do concurso para a empreitada de amortecimento e retenção de caudais sólidos na Grota da Cancela e construção de passagens hidráulicas na Estrada Regional, Rua Nova e Rua do Moio, no lugar da Pedreira, concelho do Nordeste, tendo em vista “a recuperação dos estragos provocados pela pluviosidade intensa da madrugada do dia 3 de setembro de 2015, num investimento orçado em cerca de dois milhões de euros”.

“Aprovámos também as Obrigações de Serviço Público aplicáveis aos serviços de transporte marítimo regular de mercadorias entre as ilhas das Flores e do Corvo e o lançamento do concurso público para o transporte marítimo regular de passageiros e de viaturas entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge e de passageiros entre as ilhas das Flores e Corvo, bem como do serviço de transporte marítimo sazonal de passageiros e de viaturas entre todas as ilhas da Região, com exceção do Corvo”, anunciou o Secretário Regional.

A aprovação do Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores 2016/2021, o lançamento do concurso público para a concessão de exploração do Centro de Processamento de Resíduos da Ilha do Faial, a aquisição de 65 habitações e quatro lotes urbanos para arrendamento de habitação social com opção de compra e o apoio às equipas do Clube União Sportiva, em basquetebol, do Grupo Desportivo Salão Recreativo dos Toledos, do Grupo Desportivo do Centro Social do Juncal, do Grupo Desportivo da Casa do Povo da Madalena, em ténis de mesa, e da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo, em voleibol, no âmbito da sua participação em competições europeias, foram outras das deliberações salientadas por Berto Messias.

Texto/Foto: GaCS/TM | RF/RP

About The Author

Related posts