There are no ads, please add some

Governo dos Açores esclarece pagamento de prestações sociais

O Presidente do Governo recusou hoje que tenham sido feitos pagamentos de prestações sociais por questões eleitorais e apresentou aos deputados na Assembleia Legislativa uma comunicação de um banco que prova que estes pagamentos foram feitos no momento em deveriam ser efetuados.

Depois da bancada do PSD/Açores ter levantado insinuações sobre esta matéria, Vasco Cordeiro apresentou, no Parlamento, um email de 21 de setembro, dirigido por uma instituição bancária ao Instituto de Segurança Social, com o seguinte teor: “Quanto aos pagamentos de prestações sociais, que julgo que nos chegam via SIBS, ainda não temos essa orientação. Sugerimos, se possível a título excecional, e para precaver qualquer imprevisto aquando da fusão, independentemente do vosso NIB ser ou não do ex-Banif, pagarem as mesmas até dia 14/10/2016”.

Perante esta evidência concreta, fica provado que o anterior Governo, alertado para um potencial problema que poderia complicar a receção destes apoios, fruto de uma questão formal entre entidades bancárias, tomou a decisão acertada de acautelar os respetivos pagamentos aos beneficiários, afirmou o Presidente do Governo.

Vasco Cordeiro salientou que, deste debate, e da maneira como este assunto foi trazido à Assembleia Legislativa, fica a forma como se tentou construir à volta de uma questão que tem uma explicação concreta e objetiva um julgamento de caráter em relação ao Governo dos Açores.

“Com este tipo de comportamento e com essa maneira de fazer política, quem perde somos todos nós e oxalá que não cheguemos a esta conclusão bem mais cedo do que aquilo que se pensa”, frisou o Presidente do Governo, dirigindo-se à bancada parlamentar social-democrata.

Texto/Foto: GaCS/PC | RF/RP

About The Author

Related posts