There are no ads, please add some

Governo afasta Faial da organização da Feira Açores, afirmação dos Deputados do PSD/Faial

Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial acusaram o Governo Regional de quebrar o princípio da rotatividade entre as ilhas que organizam anualmente a Feira Açores.
Em causa está a decisão não justificada e não fundamentada pelo executivo açoriano de realizar este ano o certame em São Miguel e não no Faial, como era expetável.
Num requerimento entregue na Assembleia Legislativa Regional, Carlos Ferreira e Luís Garcia exigem conhecer os fundamentos que levaram o Governo a quebrar uma regra de rotatividade há muito estabelecida e que penaliza o Faial e o seu setor agrícola, já que a última vez que a Feira Açores se realizou naquela ilha foi em 2013.
Os deputados social-democratas estranham que ao mesmo tempo em que notícias publicadas na imprensa regional dão conta de que as duas Associações Agrícolas do Faial não conheciam “qualquer decisão concreta sobre o assunto”, o Governo Regional refira que a decisão de afastar a ilha da organização da Feira Açores 2017 tenha sido articulada com os parceiros.
“Com que parceiros o Governo Regional articulou essa decisão? Qual foi o parecer de cada um desses parceiros?”, questionam os deputados do PSD/Açores.
No requerimento, os parlamentares lembram ainda que foi noticiado na imprensa que face à discordância da Câmara Municipal da Horta em relação a esta decisão, o Governo regional atribuiu-lhe um apoio extraordinário para a realização em 2017 da Festa do Mundo Rural como forma de calar esta “aparente discordância”.
Anexo: REQUERIMENTO
Texto/Foto: GI-PSD/A | RP

About The Author

Related posts