There are no ads, please add some

Eleitos os representantes do Círculo dos Açores para a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário

“A Constituição que temos, a Constituição que queremos: desafios ao poder local”, foi o tema em debate na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens do Secundário, que decorreu ao longo do dia de hoje, na sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

O projeto base apresentado pela Escola Secundária Vitorino Nemésio foi o escolhido pela maioria dos jovens deputados, o qual, depois de sujeito a apreciação e debate em sede de Comissão, foi votado na especialidade, resultando no documento final que será apresentado pelo círculo dos Açores na Sessão Nacional, a decorrer na Assembleia da República, nos próximos dias 8 e 9 de maio.

As escolas eleitas, que irão representar a Região Autónoma dos Açores na referida Sessão Nacional, foram a Escola Secundária Vitorino Nemésio (Terceira), Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade (Terceira), Escola Básica e Secundária Tomás de Borba (Terceira) e Escola Básica e Secundária de Vila Franca do Campo (São Miguel).

O porta-voz eleito foi o aluno José Parreira, da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade (Terceira), e o tema que o Círculo dos Açores propõe para a próxima edição do Parlamento dos Jovens é: “Corrupção em Portugal”, sob proposta da Escola Básica e Secundária da Graciosa.

Todas as medidas apresentadas pelos jovens deputados do Ensino Secundário podem ser consultadas no sítio da Assembleia Legislativa www.alra.pt.

Ontem à noite, decorreu, também na sede do Parlamento Açoriano, o Concurso Euroscola, este ano subordinado ao tema “Reiventando a Europa” e que contou com a participação de sete escolas. O projeto da Escola Secundária Manuel de Arriaga foi o eleito para representar os Açores na Sessão Nacional.

Testo/Foto: Presidência ALRAA | RP

About The Author

Related posts