There are no ads, please add some

Digam lá o que disserem…

No que toca a Semana do Mar, nos meus tempos de jornalista sempre gostei muito mais de cobrir tudo o que está relacionado com a parte náutica da festa.

A Semana do Mar é dentro de água, tudo o resto é acessório, digam lá o que disserem… Entre a terra e o mar, a visita aos iatistas era sempre parte integrante da minha lista de preferências.

A razão? Ver o grande Armando Castro em ação. Anfitrião da nossa marina, a movimentar-se por ali como se estivesse na sua casa. A saltar de iate em iate com uma graciosidade que, para uma “pata choca” como eu, era motivo de inveja.

Descontraído, conhecia sempre todos os navegadores pelo nome, sabia as suas histórias, e não hesitava em fazer uma breve descrição de cada uma delas, à laia de briefing para quem teria a honra de lhes apertar a mão e convidá-los a desfrutar da nossa festa.

“Estes são franceses, vêm das Caraíbas”; “aquele navega sozinho, já é terceira vez que vem cá”, explicava ele, rapidamente, antes de cumprimentar o navegador que assomava ao convés.

Tenho saudades desta parte da festa. A parte onde os de fora ficam sempre encantados com a nossa arte de bem receber. Onde se antecipa com fervor as regatas e o restante programa marítimo. A parte onde a Semana do Mar é, verdadeiramente, única no mundo.

Marla Pinheiro

About The Author

Related posts