There are no ads, please add some

“Contributo dos jovens é fundamental para o desenvolvimento do concelho”, defende José Leonardo

O Presidente da Câmara Municipal da Horta considerou, esta terça-feira, na Assembleia Legislativa dos Açores, como fundamental o contributo dos jovens para o desenvolvimento coletivo.

“É importante percebermos o quão importante é para a política e para os políticos o cumprimento da palavra dada, a boa gestão dos recursos públicos e de todos nós, o estar ao serviço de todos e não apenas ao serviço de objetivos e interesses pessoais. Essa é uma das mensagens que tenho já insistido por diversas ocasiões e que importa transmitir hoje aos nossos jovens, salientando, por outro lado, a importância do contributo dos jovens para o nosso desenvolvimento local”, afirmou.

José Leonardo falava na sessão evocativa “Manuel Arriaga e a Juventude que assinalou o centenário da morte do primeiro Presidente da República.

O autarca faialense referiu-se a Manuel Arriaga como um político “que adotou um comportamento humilde em favor de uma boa gestão dos dinheiros públicos e um elemento facilitador do diálogo, na gestão de inúmeros conflitos”.

“Um faialense de grande notoriedade, que durante anos pareceu esquecido mas que agora, graças ao trabalho das várias entidades aqui representadas, com especial destaque para a Associação dos Antigos Alunos do Liceu da Horta, é alvo das merecidas distinções e ações públicas”, acrescentou o edil, sublinhando que a honra à sua memória beneficia principalmente os mais jovens, “aqueles que amanhã, tal como ontem, ocuparão estas e outras cadeiras da vida social e política, recorrendo aos seus percursos de formação e de vida em benefício do progresso, da inovação e do desenvolvimento coletivo”.

Perante uma plateia constituída maioritariamente por jovens, José Leonardo elencou alguns projetos criados pela autarquia faialense com o objetivo de estimular a participação cívica dos jovens.

“A Câmara Municipal da Horta foi a primeira autarquia da Região a implementar no ano passado o orçamento participativo jovem, dando oportunidade aos mais novos de pensar o seu concelho e de tomar decisões sobre ele, transpondo ainda esta oportunidade, para o projeto “Autarca por um Dia”, com muitas das propostas entregues pelos jovens do 1.º ao 3.º ciclo, passando pelo secundário e profissional, a integrar o nosso plano de atividades para o ano em curso”, explicou.

Na sua intervenção, Leonardo salientou ainda que edilidade “não poderia ficar indiferente a esta iniciativa, à semelhança dos esforços realizados no passado para divulgar a memória de Arriaga, que passaram por diversas publicações, colóquios, honras de panteão, inauguração da Casa-Museu, inauguração do Centro Associativo com o seu nome e restauro da sua estátua existente nesta cidade”, desejando que a conferência “possa suscitar motivos ainda de maior interesse e que de futuro se possa continuar a perpetuar a memória de Manuel de Arriaga através da divulgação do seu vasto arquivo privado que ainda carece de divulgação e de conveniente estudo”, concluiu.

Texto/Foto: GI-CMH

About The Author

Related posts