There are no ads, please add some

Conselho de Ilha do Faial preocupado com acessibilidades aéreas e terrestres

O Conselho de Ilha do Faial, que se reúne com o Governo dos Açores na terça-feira, vai demonstrar ao executivo preocupações com as acessibilidades aéreas e terrestres, indica o memorando da reunião a que a Lusa teve acesso.

“Relativamente às acessibilidades aéreas, começamos por demonstrar a nossa preocupação e total desagrado face às várias deficiências registadas na operação do verão IATA. Precisamos de garantias do Governo Regional dos Açores que tais problemas não se venham a registar no futuro e que se reforcem os voos Horta-Lisboa-Horta, nos meses de julho e agosto, tal como reivindicado anteriormente”, indicam os conselheiros, no documento já entregue ao executivo dos Açores e que servirá de base para a reunião.

Ainda sobre acessibilidades aéreas, “e tendo em consideração a proposta de plano de orçamento do Estado”, os conselheiros querem saber “quais os procedimentos que se preveem para 2019 e para quando a concretização da obra de ampliação do aeroporto da Horta”.

No que diz respeito às acessibilidades terrestres, é chamada a atenção para a “degradação acentuada de vários troços da Estrada Regional, assim como uma necessidade crescente da concretização da obra da 2.ª fase da variante à cidade da Horta, face a outros investimentos programados, nomeadamente o novo quartel dos Bombeiros do Faial, o reordenamento do porto da Horta e a própria obra do aeroporto”.

E prosseguem: “Para além desta importante obra, solicitamos um esclarecimento quanto ao ponto de situação da empreitada de pavimentação da ER 2, 2ª Largo Jaime Melo/Ribeira do Cabo, uma vez que constava no plano de 2018 e, inclusivamente, tivemos conhecimento pelos órgãos de comunicação social da adjudicação da obra, que, contudo, não consta do plano para 2019”.

Questões sobre matérias agrícolas, culturais, na área da saúde e das pescas marcarão também a reunião de terça-feira.

O Conselho de Ilha do Faial é composto por um conjunto de individualidades e entidades representativas dos vários setores da atividade económica e social da ilha.

O órgão sublinha que “tem vindo a desenvolver um conjunto de reuniões ordinárias e extraordinárias visando um melhor crescimento do Faial suscetível de suportar as políticas públicas que emanam dos governos e uma melhor envolvência da sociedade civil”.

O Governo Regional dos Açores inicia na terça-feira uma visita de trabalho de dois dias à ilha do Faial, apresentando projetos e investimentos em áreas como agricultura, pescas ou transportes.

A visita de todo o executivo açoriano ao Faial decorrerá na terça-feira e na quarta-feira, seguindo-se a visita à Terceira, agendada para os dias 05 e 06 de novembro, e a visita a São Miguel nos dias 14, 15 e 16 de novembro.

As restantes ilhas do arquipélago já receberam este ano visitas estatutárias de todo o Governo dos Açores.

Paralelamente às iniciativas do chefe do executivo regional, os membros do Governo dos Açores dedicarão os dois dias de trabalho a reuniões com diversas entidades representativas dos mais variados setores e a visitas a empreendimentos e investimentos nas respetivas áreas, entre outras iniciativas.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts