There are no ads, please add some

CDU Faial contra o encerramento do IMAR

A CDU Faial, tendo em conta as noticias veiculados pela imprensa regional sobre o encerramento do IMAR Instituto do Mar, irá solicitar um conjunto de reuniões a fim de aprofundar quais as consequências desta decisão, que futuro está reservado à investigação cientifica marinha na Região e se estão salvaguardados os postos de trabalho e os direitos de quem trabalha para o IMAR.

A CDU/Faial irá solicitar de imediato reuniões urgentes com o Senhor Director do DOP e Presidente do IMAR e com Representantes dos Investigadores, Técnicos e Trabalhadores do IMAR. Para a CDU Faial é fundamental e estratégico que este polo de investigação marinha na cidade da Horta, prossiga o seu trabalho, apetrechado de todos os meios técnicos e humanos.

Nunca seria aceitável que se seguisse um caminho que tivesse como consequência ou visasse a desvalorização do prestigiado e reconhecido polo de investigação marinha da Universidade dos Açores da cidade da Horta. Perante o que se conhece, é necessário existir um esclarecimento claro sobre qual o futuro da investigação no polo da Horta e na Região, saber se estão assegurados todos os meios técnicos e salvaguardados os postos de trabalho e os direitos dos trabalhadores neste suposto período de transição entre o anunciado encerramento do IMAR e a ativação de um Centro de Investigação da Universidade dos Açores designado por Okeanos.

O Centro de Investigação da Universidade dos Açores designado por Okeanos e o Governo Regional, estão em condições de assegurar que vão existir todas as garantias e meios necessários para que o polo da Horta desenvolva o seu trabalho? Vão ser criadas as condições para se acabar com a precariedade laboral neste sector? Perante estes factos, incertezas e necessidades urge saber que posições o Governo Regional dos Açores vai tomar, no sentido de contribuir para o regular, útil e indispensável funcionamento do pólo de investigação marinha da Horta.

Para a CDU Faial é necessário e urgente que todas estas perguntas sejam esclarecidas, e que sejam tomadas todas as medidas necessárias para ultrapassar, quer os constrangimentos existentes, quer as práticas de inexistência de diálogo que surgem no meio de um processo que está a ser muito pouco claro.

CDU/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts