There are no ads, please add some

CDS-PP questiona ponto de situação da implementação do sistema NRP no Aeroporto da Horta

O Deputado do CDS-PP Açores Rui Martins questionou, esta segunda-feira, o Governo socialista sobre a implementação do sistema NRP-AR no Aeroporto da Horta, ilha do Faial, lembrando que este é mais um processo com muitas promessas socialistas, mas que continua sem funcionar naquela infraestrutura aeroportuária, colocando em causa a segurança e fiabilidade do serviço de transporte aéreo.

Num requerimento entregue no Parlamento dos Açores, Rui Martins justifica-se: “no passado dia 5 de setembro de 2017, no âmbito de uma interpelação ao Governo Regional, em sede de plenário do Parlamento Açoriano, foram colocadas várias questões para as quais não foram dadas respostas por parte da tutela governamental”, pelo que os populares colocam então as dúvidas por escrito.

Rui Martins acentua que os transportes são fundamentais para “o desenvolvimento hegemónico das ilhas”, para “a fiabilidade de qualquer destino turístico” e para “a previsibilidade do serviço de transporte em ilhas com uma única ligação diária ao continente”, alegando que “a imprevisibilidade das condições meteorológicas” obrigam “à implementação de um sistema como o NRP-AR no Aeroporto da Horta”, para garantir “a previsibilidade e fiabilidade da prestação do serviço de transporte aéreo”.

Este sistema NRP, recorde-se, é um sistema de apoio à navegação aérea em procedimentos de aproximação e descida a aeroportos, assegurando melhorias significativas nas condições de operacionalidade e segurança e que, no caso do aeroporto faialense, desde 2009, que a ANAC (Autoridade Nacional da Aviação Civil) já tem aprovados os procedimentos de descida para este sistema.

Ano após ano, no entanto, têm sido vários os anúncios de implementação do sistema, sem concretizações, sendo que, no início deste mês, foi divulgada publicamente “a informação de que os voos de certificação do sistema NRP-AR haviam começado no passado dia 1 de setembro de 2017”.

Nestes termos, e porque presencialmente a Secretária Regional dos Transportes não respondeu, Os parlamentares do CDS-PP querem saber “qual o tipo de NRP-AR implementado nas aeronaves da frota do Grupo SATA (0,1/0,2 ou 0,3)?”, “quantos voos são necessários para concluir a operação de certificação do sistema NRP-AR?”, “quantas aeronaves da sua frota tem a SATA equipadas com este sistema?” e “quantas tripulações de cockpit estão certificadas para a utilização deste sistema?”.

Por outro lado, Rui Martins aproveita para questionar a tutela sobre “qual o número de ligações semanais previstas realizar para a ilha do Faial no próximo Inverno IATA, quer em termos ligações com o continente português, quer em termos de ligações inter-ilhas?”, bem como quer esclarecer uma afirmação da Secretária dos Transportes: “Na interpelação ao Governo Regional, realizada a 5 de setembro de 2017, na sua intervenção inicial, a Senhora Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, disse que o Governo Regional ‘não está, nem estará, disponível para subordinar os interesses do Povo Açoriano aos interesses da SATA’. Concretamente o que quer dizer esta afirmação tão categórica da Senhora Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas?”.

O requerimento deu entrada nos serviços da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores esta segunda-feira, tendo o Governo Regional 60 dias para responder.

CDS PP/Rádio Faial | Foto: Jorge Gois

About The Author

Related posts