There are no ads, please add some

Carlos Morais é o único candidato à presidência da Associação de Turismo dos Açores

O empresário Carlos Morais é o único candidato à presidência da Associação de Turismo dos Açores (ATA) nas eleições de 10 de abril, numa altura em que a entidade atravessa um dos períodos mais conturbados da sua história.

Empresário ligado ao ramo hoteleiro, do aluguer de carros e das agências de viagens, o faialense Carlos Morais candidata-se para tentar colocar “ordem na casa” e “pacificar” a ATA, depois das buscas que a Polícia Judiciária efetuou na associação, por suspeitas de “fraude, peculato, falsificação de documentos e participação económica em negócio”.

“A lista que encabeço é a única que se candidata aos órgãos sociais da ATA”, confirmou à Lusa Carlos Morais, adiantando que o seu projeto será discutido, previamente, entre os restantes parceiros, para só depois ser divulgado publicamente.

A lista encabeçada por Carlos Morais integra ainda outros empresários da região, como Rodrigo Rodrigues, Raquel Franco, Tiago Raiano, João Reis, Catarina Teles, André Neves, Andreia Pavão Santos e Eduardo Bettencourt.

O candidato a presidente da ATA entende que esta lista “é mais um passo” na estabilidade da associação, que além de estar sob investigação judicial, por alegadas irregularidades de gestão, deixou de ter o Governo Regional e a companhia aérea SATA como parceiros.

Confrontado com esta situação, Carlos Morais disse que a saída do executivo e da SATA “não vão comprometer” os objetivos da associação, e quanto às alegadas irregularidades, afirmou que não irá fazer comentários enquanto a ATA estiver sob investigação.

A Associação de Turismo dos Açores tem sido responsável, ao longo dos últimos anos, pela promoção turística da região no exterior, gerindo fundos públicos e privados de várias de dezenas de milhões de euros.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts