There are no ads, please add some

Capitanias das Flores e Horta, Açores, alertam para agravamento do estado do mar

A capitania do porto de Santa Cruz das Flores e a capitania do porto da Horta, nos Açores, alertaram hoje para a possibilidade de se registarem ondas de cinco metros de altura, no próximo sábado.

“No grupo ocidental [Flores e Corvo] e nas ilhas do triângulo [Faial, Pico e São Jorge] a agitação marítima, de noroeste, poderá atingir os quatro metros de altura significativa ao longo do dia 05. Após uma breve melhoria, existe a possibilidade de que a agitação marítima, de noroeste, rodando para nor-noroeste, possa atingir cinco metros de altura significativa ao longo do dia 06”, adiantou Paulo Silva, capitão das duas capitanias, em comunicado de imprensa.

Face ao previsível agravamento do estado do mar, o capitão de fragata recomenda à comunidade marítima “a adoção de medidas de precaução, verificando e, se necessário, reforçando a amarração ou mesmo varando em lugar seguro as suas embarcações” e “a adoção e manutenção dum estado de vigilância na orla marítima e nos portos”.

Paulo Silva aconselha ainda à população em geral que se abstenha “da prática de passeios junto à costa e da prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima” e que se mantenha “vigilante” junto à orla costeira.

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) apontam para mar cavado em todas as ilhas dos Açores, na sexta-feira, com ondas de noroeste de quatro metros no grupo ocidental e ondas de noroeste de dois a três metros, aumentando para três a quatro metros nas restantes ilhas.

Para sábado, o IPMA prevê ondas de noroeste de quatro a cinco metros, diminuindo para três metros, nas Flores e no Corvo, e ondas de três a quatro metros, temporariamente de quatro a cinco metros no grupo central (Terceira, Graciosa, Faial, Pico e São Jorge).

Já nas ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) estão previstas ondas de noroeste de três a quatro metros, temporariamente de cinco a seis metros.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts