There are no ads, please add some

Câmara Municipal da Horta atribui Cartão Municipal de Bombeiro

A Câmara Municipal da Horta pretende reforçar, em 2017, o Centro Municipal de Operações de Emergência e Proteção Civil local, criando uma coordenação local dos serviços da autarquia, em interligação com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial.

A medida foi anunciada esta quinta-feira, pelo Presidente da Câmara Municipal da Horta, no decorrer da cerimónia de atribuição, pela primeira vez, do Cartão Municipal de Bombeiro, aos voluntários efetivos daquela corporação.

José Leonardo Silva justificou a medida com a necessidade de “ melhorar o planeamento existente e desenvolver ações que conduzam a um aperfeiçoamento técnico dos bombeiros e à criação de uma cultura de proteção civil nas instituições e nas populações”, para quem urge “um aumento da presença nas escolas, nas freguesias, junto dos idosos, das casas do povo, das instituições sociais, públicas ou privadas que se devem mobilizar seja para promover uma correta atuação em caso de catástrofe, seja na prestação dos primeiros socorros a quem mais precisa”.

“Em termos concelhios, é fundamental que no futuro tenhamos um sistema de proteção civil cada vez mais preparado, atento aos problemas e rápido na ação e nas respostas que presta”, garantiu o autarca, explicando que uma das tarefas consiste em intensificar o levantamento e análise permanente de situações de risco, conhecer os recursos existentes em situação de risco ou catástrofe e mobilizar os agentes de proteção civil previstos no Plano de Emergência, que carece de ser melhor aprofundado e porventura melhorado ou alterado.

O Cartão Municipal de Bombeiro, anunciado em maio de 2016, por ocasião do Dia Municipal do bombeiro, foi atribuído a quatro dezenas de bombeiros voluntários efetivos, e prevê a concessão de 20% de desconto na água destinada a habitação própria permanente, 50% de desconto no acesso à Piscina Municipal, Centro Hípico do Capelo e Teatro Faialense, extensivo a dependentes a seu cargo e prioridade na atribuição de apoios à habitação, enquadrados no regulamento em vigor.

Texto/Foto: GI-CMH | RP/RF

About The Author

Related posts