There are no ads, please add some

Câmara da Horta vai fixar IMI na taxa mínima (0,3%) e conceder descontos às famílias com filhos

O Presidente da Câmara Municipal da Horta anunciou, esta quarta-feira, que no âmbito do Plano e Orçamento do Município para 2017, a autarquia faialense – além de fixar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) na taxa mínima legal de 0,3% – irá promover um desconto para as famílias com 1 ou mais dependentes.

José Leonardo, que falava na cerimónia que assinalou o início do ano letivo da Escola Secundária Manuel Arriaga, referiu que “apesar do esforço financeiro que a medida representa para os cofres do município, é uma medida de efetivo apoio às famílias que lhes permite aliviar a carga fiscal, sobretudo àquelas que estão a passar por maiores dificuldades”, frisou.

Na ocasião, o autarca enalteceu as diversas parcerias que a Câmara Municipal tem concretizado com as escolas do concelho, nomeadamente no projeto “Autarca por Um Dia” que pretende trazer as escolas até ao Poder Local para dar a conhecer como se desenrola todo um processo de gestão autárquica e, também, chamar os jovens à participação na vida do seu concelho, da sua rua, da sua freguesia para que possam também dar os seus contributos e ideias para a sua ilha.

O Presidente da edilidade realçou que tem sido feito um esforço para valorizar a educação e o trabalho que os alunos desenvolvem nas escolas. Neste contexto, José Leonardo anunciou que já no próximo mês de outubro, a Câmara Municipal da Horta irá atribuir, pela primeira vez, Bolsas de Mérito Municipal que, segundo o responsável, “não é mais uma bolsa de mérito mas sim, puxar para cima a educação e os faialenses que estudam e que se esforçam para conseguirem alcançar os seus objetivos escolares e com objetivo de “contribuir para a promoção de uma cultura de trabalho e de sucesso, ao nível do ensino, promovendo também o reconhecimento público de todos os agentes de ensino e das escolas do concelho”.

Na sua intervenção, o edil salientou ainda realização, este ano, do projeto “Mare Nostrum” em parceria com as escolas com o intuito de aproximar os jovens faialenses às temáticas relacionadas com o Mar e à centralidade marítima da nossa ilha que é fundamental para o nosso desenvolvimento.

Por último, o Presidente da Câmara dirigiu uma palavra de reconhecimento e elogio ao atual Conselho Executivo da ESMA, nomeadamente ao Dr. Eugénio Leal, à Dra. Gracinda Andrade e à Dra. Maria Miguel Pavão Marques, pelo grande trabalho que desenvolveram à frente dos destinos da Escola Secundária Manuel Arriaga, nesta que é a última abertura do ano letivo organizado pela atual estrutura diretiva.

Texto/Foto: GI-CMH | Rádio Faial

About The Author

Related posts