There are no ads, please add some

Câmara da Horta permuta terrenos com bombeiros para construção de novo quartel

O Presidente da Câmara Municipal da Horta anunciou, esta quinta-feira, que a Câmara Municipal da Horta e os órgãos sociais da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial chegaram a um entendimento que salvaguarda os interesses de todos os faialenses e garante o “nosso principal objetivo” de concretizar a construção do novo Quartel Operacional de Bombeiros.

Em conferência de imprensa conjunta que decorreu nos Paços do Concelho, José Leonardo esclareceu que, “em circunstância alguma, a Câmara Municipal quis ficar com 1 cêntimo da nossa Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial.”

De acordo com o responsável máximo municipal, “a Câmara Municipal da Horta chegou-se à frente neste processo para não se estar daqui a 10 anos a falar novamente do Quartel dos Bombeiros”.
“Estamos disponíveis para fazer parte da solução neste processo e a Câmara Municipal sempre esteve pronta para reunir e chegar a um consenso com a direção da A.H.B.V.F, muito antes da rea-lização da Assembleia Geral daquela associação”, realçou.

Referindo-se à reunião de trabalho realizada, esta quarta-feira, entre a autarquia e os órgãos sociais da A.H.B.V.F. na qual nasceu uma declaração de compromisso entre ambas, José Leonardo considerou que estas duas instituições “deram uma lição de humildade e vontade de criar pontes e consensos, tendo sempre em vista o desenvolvimento da ilha do Faial”.

Para o Presidente da Câmara da Horta, “o objetivo deste trabalho é conseguirmos ter uma melhor proteção civil para darmos uma melhor resposta a todas e a todos os faialenses. Foi esse o compromisso que foi assumido.”

O edil explicou que a declaração de compromisso, celebrada entre a autarquia e os órgãos sociais da A.H.B.V.F, incluiu a permuta do rés-do-chão do atual Quartel de Bombeiros com o terreno, localizado do Parque Empresarial da ilha do Faial, que será permutado e onde será construído o novo quartel.

José Leonardo garantiu que, no caso do valor patrimonial do rés-do-chão do atual edifício ser superior ao valor do terreno cedido, a Câmara Municipal irá compensar financeiramente a A.H.B.V.F de modo a que ninguém fique a perder.

Leonardo adiantou ainda que estão reunidas todas as condições para darmos mais um passo em frente na melhoria das condições operacionais dos bombeiros, sendo que a declaração de compromisso terá de ser ratificada em reunião de câmara e pela Assembleia Geral da A.H.B.V.F., sublinhando que “este é um documento sério e de compromisso” onde todos ganharão. “Ganhará a cidade que terá uma bolsa de estacionamento naquela zona e ganhará a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial que continuará a ter o restante edifício para desenvolver as suas atividades”, concluiu.

Texto/Foto: GI-CMH | Rádio Faial

About The Author

Related posts