There are no ads, please add some

Berto Messias realça “enorme esforço diplomático do Governo dos Açores na defesa dos trabalhadores da Base das Lajes”

 

“Tem havido um esforço diplomático enorme do Governo e do seu Presidente sobre as questões referentes à Base das Lajes e à defesa dos trabalhadores portugueses naquela Base. O Presidente do Governo inaugurou uma nova forma de fazer diplomacia na nossa Região, que tem tido uma importância muito relevante nos adiamentos que se têm verificado nas reduções anunciadas”, referiu Berto Messias à saída de uma reunião de apresentação de cumprimentos com a Comissão Representativa dos Trabalhadores da Base das Lajes, recentemente eleita.

“Os intensos contactos diplomáticos desenvolvidos por ele junto dos decisores norte-americanos com ligações aos Açores têm sido cruciais para o reforço da importância politica deste problema e para a defesa dos interesses dos trabalhadores, da Praia da Vitória e da Ilha Terceira”, defende Berto Messias

Segundo Berto Messias “é também justo referir o papel que tem sido desenvolvido por esta Comissão que tem mantido uma intervenção permanente e com grande credibilidade em todo este processo, num quadro difícil que exige grande preparação e até coragem em assumir estas funções neste cenário. Estamos certos que os novos órgãos eleitos continuarão esse trabalho de forma positiva”.

“Esta questão tem de continuar a estar no centro das nossas atenções. Este é um trabalho permanente de acompanhamento e de pressão diplomática permanentes. Temos desenvolvido um grande esforço nessa pressão e temos trabalhado para conseguir um alargado consenso regional sobre este assunto, entre os vários partidos políticos, Municípios e agentes económicos e sociais da Ilha Terceira e dos Açores. Temos conseguido algumas vitórias neste processo longo e difícil, mas isso não nos pode tranquilizar. E a este propósito exige-se mais pró-actividade e melhor preparação por parte do Governo da República, que tem um papel determinante nas relações bilaterais com os Estados Unidos, quer na defesa dos nossos interesses, quer na busca de alternativas viáveis para a utilização daquela Base”, defendeu Messias.

“Segundo a reunião que acabamos de ter, ficamos a saber que o Sr. Primeiro-Ministro mostrou insensibilidade e até alguma impreparação sobre os problemas da redução da Base das Lajes quando visitou aquela Base e reuniu com a Comissão Representativa dos Trabalhadores recentemente. Essa postura, aliada ao facto de recentemente a maioria do PSD e CDS-PP terem chumbado a proposta de consagrar no Orçamento de Estado uma dotação financeira para um plano de mitigação dos impactos sociais e económicos desta redução preocupam-nos muito”, referiu o Presidente do Grupo Parlamentar Socialista.

Para Berto Messias “a estratégia do Departamento de Defesa norte-americano de redução de bases continua em cima da mesa e, por isso, toda a atenção e esforço são necessários, pelo que o Governo da República tem de assumir esta questão como algo de enorme interesse nacional”.

Texto/Foto: GI-PS/A | Rádio Faial

About The Author

Related posts