There are no ads, please add some

BE propõe auditoria técnica do LNEC às novas obras do porto da Horta

A deputada Zuraida Soares anunciou que o Grupo Parlamentar do BE/Açores irá entregar hoje, na Assembleia Legislativa, um Projeto de Resolução a recomendar que o Governo Regional contrate o Laboratório Nacional de Engenharia Cívil (LNEC) para a realização de uma auditoria técnica às obras do novo cais de passageiros e respetivo molhe do porto da Horta.

Em conferência de imprensa, realizada hoje na cidade da Horta, Zuraida Soares lembrou que “o Porto da Horta foi, durante anos e anos, um porto seguro e uma referência de ancoradouro para todos aqueles que, na travessia atlântica, o procuravam para refazer forças, abastecer ou procurar socorro de qualquer tipo” mas que, após as obras do novo cais de passageiros, o que resultou é preocupante para o “ futuro da segurança do porto e, portanto, da economia da ilha.”

Zuraida Soares elencou alguns dos vários poblemas que o Porto da Horta apresenta atualmente, nomeadamente a falta de condições do cais de acostagem, a ondulação no interior do porto e o seu assoreamento que implica gastos avultados de dinheiros públicos.

Para o Bloco de Esquerda/Açores as novas obras, que poderão custar várias dezenas de milhões de euros, não resolvem “as questões de fundo com que hoje se debate o porto da Horta” e diminuem o espaço no interior do porto. Zuraida Soares acusa ainda o Governo Regional de se propor “gastar, mais uma vez, dezenas de milhões de euros, por pura teimosia e para proteger a incompetência dos dirigentes da Portos dos Açores”.

A deputada do BE/Açores não compreende o porquê do Governo Regional teimar em premiar a incompetência, gastando dezenas de milhões de euros “num remedeio cujo resultado é muito duvidoso”. “É preciso dizer ‘Basta!’ à incompetência, à negligência no uso e abuso de dinheiros públicos e à recusa em reconhecer erros graves.”, afirmou Zuraida Soares.

O Projeto de Resolução do BE/Açores prevê, para além da autoria do LNEC às obras do novo cais de passageiros e respetivo molhe do porto da Horta, o cancelamento da pretenção da Portos dos Açores em lançar o concurso público para novas obras no porto da Horta e a apresentação, pelo Governo Regional, das conclusões da auditoria do LNEC, no prazo de 90 dias.

Texto/Foto: BE/Açores

About The Author

Related posts