There are no ads, please add some

Avelino Meneses destaca diálogo com docentes na construção do ProSucesso

O Secretário Regional da Educação e Cultura destacou hoje, na Horta, o amplo debate que, ao longo do ano letivo anterior, promoveu em todas as ilhas dos Açores com a classe docente sobre a temática do insucesso escolar e que levou à construção do programa ‘ProSucesso – Açores pela Educação’.

“Não tenho memória de alguma vez se ter desenvolvido um debate tão lato para sustentar a construção de um programa educativo, como é o caso do ProSucesso”, frisou Avelino Meneses, em declarações no final de uma visita de trabalho à Escola Básica e Integrada da Horta.

“Ao contrário de alguns comentários, nós não estamos a colocar todas as responsabilidades do sucesso ou do insucesso do ProSucesso às costas dos professores, bem pelo contrário”, acrescentou o Secretário Regional.

Avelino Meneses salientou que este programa desenvolve-se “fundamentalmente em três eixos”, residindo um deles “no desejo que temos de estreitar relações” com os pais e encarregados de educação, porque “entendemos que muitos dos problemas que se detetam na escola começam fora dela”.

Para o titular da pasta da Educação, este estreitamento de relações “exige o estabelecimento de um diálogo constante entre aqueles que estão dentro da escola e aqueles que estão fora”, pelo que apelou a um maior envolvimento dos diferentes atores na implementação deste programa regional de promoção do sucesso escolar.

Avelino Meneses considerou que, nesta matéria, os Açores se encontram “no início de um processo, que será longo”, salientando que, na educação, “as coisas alteram-se, mas com vagar”, não sendo por isso possível “no curto prazo avaliar o sucesso ou insucesso do ProSucesso”.

“Essa avaliação só se faz quando aqueles que agora entram no sistema, fizerem todo o seu percurso e beneficiarem das estratégias que, entretanto, venham a ser implementadas”, acrescentou.

Para Avelino Meneses, “uma coisa é certa, o ProSucesso obterá sempre uma vitória quando contribuir para que no seio das famílias açorianas se fixe a ideia de que a educação é uma inequívoca prioridade”.

Nesta visita à EBI da Horta, o Secretário Regional da Educação e Cultura teve a oportunidade de almoçar, na cantina do estabelecimento de ensino, com alunos, professores e pessoal não docente.

Texto/Foto: GaCS/PB | Rádio Faial

About The Author

Related posts