There are no ads, please add some

Atlânticoline aumentou e continuará a aumentar número de toques na ilha Graciosa, assegura Ana Cunha

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas assegurou, na Assembleia Legislativa, na Horta, que os serviços da Atlânticoline à ilha Graciosa “têm aumentado, nomeadamente em número de toques”.

“Desde 2017, registámos um aumento desse número de toques na ordem dos 57%, tendência que se vai manter para o ano de 2018”, afirmou Ana Cunha.

A titular da pasta dos Transportes frisou que se procura, desta forma, “ir ao encontro das necessidades dos Graciosenses, não pondo de parte os ajustes que são feitos em termos de horários e de frequências sempre que se afigura necessário, nomeadamente para festividades e outros acontecimentos da ilha”.

As ligações à Graciosa, salientou Ana Cunha, “têm sido asseguradas pela linha Amarela, com privilégio das ligações diretas, em detrimento de transbordos, aumentando o conforto dos passageiros e conseguindo, assim, melhores condições logísticas no transporte”.

A Secretária Regional apontou, nesse sentido, alguns dos indicadores positivos do atual modelo, como os 80 toques na Graciosa, “que aumentarão em 2018″.

Ana Cunha referiu ainda que, no período de 3 de maio a 29 de setembro, houve, em média, um toque por cada 1,8 dias, acrescentando que, em cada toque, são disponibilizados na linha Amarela 630 lugares para embarque e desembarque, sendo que a taxa de ocupação se situa nos 9,34%.

Para a titular da pasta dos Transportes, a inclusão da ilha Graciosa na linha Lilás da Atlânticoline, que liga as ilhas do Faial, Pico, São Jorge e Terceira (Angra do Heroísmo), de 15 de junho a 16 de setembro, levaria “à diminuição dos recursos afetos ao ‘Triângulo’ e ao aumento dos custos diretos e indiretos para a exploração da Atlânticoline”.

GaCS/Rádio Faial | Foto: GaCS

About The Author

Related posts