There are no ads, please add some

Artur Lima afirma que “O governo PS é incapaz de construir o futuro, é um governo de contingência”

O Presidente do CDS, Artur Lima, anunciou, esta terça-feira, a necessidade de uma mudança de políticas nos Açores, com vista ao real desenvolvimento económico e social da Região. A intervenção do líder do CDS surgiu na sequência da interpelação ao governo regional acerca da Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social, pelo PPM.

Reconhecendo os números dramáticos que colocam os Açores na cauda do desenvolvimento económico e social nacional, Artur Lima considerou que depois de duas décadas de governação socialista ainda se discute a pobreza nos Açores, o que é demonstrativo da incapacidade dos governos PS em construir o futuro que os açorianos e açorianas merecem e que a região precisa.

O Presidente do CDS considerou ainda que existem açorianos e açorianas sem esperança num futuro melhor, em virtude dos baixos salários, da falta de empregos condignos e da dependência face a estágios ou programas de ocupação. O líder centrista salientou que o governo apenas tem como objetivo sobreviver a cada ciclo eleitoral, não tendo qualquer estratégia de ação que proteja os mais fracos e os mais pobres, hipotecando o futuro da Região.

Para o CDS o governo do PS sinalizou o problema da pobreza e não conseguiu mais uma vez responder com a eficácia que se impunha. Artur Lima disse ainda que este governo se desresponsabiliza de qualquer problema emergente e já só sobrevive ligado à máquina da propaganda.

Para finalizar, o Presidente do CDS concluiu que 20 anos de governação PS é muito tempo e que estamos perante um governo de contingência, sem fôlego, sem rumo e sem sentido.

Para o CDS é necessário um novo modelo de desenvolvimento multipolar da região que permita o crescimento económico e social das nove ilhas dos Açores.

CDS/Rádio Faial | Foto: CDS

About The Author

Related posts