There are no ads, please add some

ALUNOS DO ENSINO BÁSICO DA ILHA DAS FLORES ESTÃO SEM PROFESSOR ATRIBUÍDO

Segundo informação da Representação Parlamentar do PCP, são várias as turmas do primeiro ciclo que presentemente se encontram sem professor atribuído na Escola Básica e Secundária das Flores, tendo os seus alunos sido provisoriamente dispersos por turmas de outros anos escolares. Tal acontece em turmas da Escola de Santa Cruz, como também em turma da Escola das Lajes.

Essas turmas “alargadas” ficaram com dimensão exagerada de alunos, o que é manifestamente pouco pedagógico e aumenta incomensuravelmente o risco desses alunos incorrerem futuramente em insucesso escolar ou mesmo abandono escolar.

Assim, o deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, João Paulo Corvelo, questionou hoje o Governo Regional através de um requerimento para saber se o Executivo tem conhecimento da presente situação de várias turmas sem professor atribuído no primeiro ciclo do ensino básico da Escola Básica e Secundária das Flores?

O deputado João Paulo Corvelo questionou como pretende o Governo Regional resolver esta situação e quando estima o Executivo que seja suprida a actual carência de professores do primeiro ciclo de ensino básico na ilha das Flores?

REQUERIMENTO

“Todos têm direito ao ensino, com garantia do direito à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar”, pode ler-se no artigo 74.º da Constituição da República Portuguesa. Assim, a escola pública deve responder sempre aos objetivos da inclusão, garantindo efetivamente a igualdade de oportunidades para todos.

Na Escola Básica e Secundária das Flores presentemente são várias as turmas do primeiro ciclo que se encontram sem professor atribuído, tendo os seus alunos sido provisoriamente dispersos por turmas de outros anos escolares.

Essas turmas “alargadas” ficaram com dimensão exagerada de alunos, o que é manifestamente pouco pedagógico e aumenta incomensuravelmente o risco desses alunos incorrerem futuramente em insucesso escolar ou mesmo abandono escolar.

A Representação Parlamentar do PCP considera que é absolutamente urgente uma rápida solução para a colocação de professores para essas turmas do primeiro ciclo de ensino básico da Escola Básica e Secundária das Flores.

Assim, a Representação Parlamentar do PCP, ao abrigo das disposições regimentais aplicáveis, solicita com urgência ao Governo Regional as seguintes informações:

Tem o Governo Regional conhecimento da presente situação de várias turmas sem professor atribuído no primeiro ciclo do ensino básico da Escola Básica e Secundária das Flores?

Como pretende o Governo Regional resolver esta situação? Quando estima o Governo Regional que seja suprida a actual carência de professores do primeiro ciclo de ensino básico na ilha das Flores?

PCP Açores/Rádio Faial | Foto: Direitos Reservados

About The Author

Related posts