There are no ads, please add some

“A Telemedicina nos Açores é uma aposta ganha”, considerou José Carlos San-Bento

“A Telemedicina nos Açores é uma aposta ganha”, considerou José Carlos San-Bento.

O Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS falava esta segunda-feira, à saída de uma visita ao serviço de Telemedicina do Hospital da Horta.

“A Telemedicina sempre foi uma aposta do Partido Socialista dos Açores e uma prioridade do Governo dos Açores e o facto de hoje termos assistido aqui a uma consulta de cardiologia pediátrica é a prova de que a Telemedicina nos Açores é uma aposta ganha”, frisou o deputado socialista.

“Esta consulta, em particular, permitiu eliminar a suspeita de um problema cardíaco grave numa criança; felizmente correu tudo bem e não houve necessidade de deslocação da paciente e dos seus familiares ao continente, com todos os custos que daí advém para o Sistema Regional de Saúde”, adiantou San-Bento.

Para o deputado socialista, “esta constatação significa que o Serviço Regional de Saúde tem sido merecedor de uma atenção muito particular da parte do Governo Regional dos Açores, ao contrário do que é feito ao nível co continente, onde se está em austeridade na saúde e com cortes sucessivos – nos Açores investe-se em tecnologias de ponta para nós termos um Serviço Regional de Saúde cada vez melhor”.

Por outro lado, destacou José San-Bento, estas tecnologias “permitem uma melhoria do acesso aos cuidados de saúde e um aumento da qualidade desses cuidados”, porque já estão a “permitir resolver o problema de muitas pessoas”.

A Telemedicina é um exemplo claro de uma tecnologia de ponta no nosso Serviço Regional de Saúde, o que significa que nós estamos a dar uma melhor qualidade nos cuidados e um maior acesso dos cidadãos aos serviços de saúde. Nós queremos no futuro continuar a reforçar esses investimentos em todo o Sistema Regional de Saúde, integrando os três hospitais e todas as unidades de saúde no serviço de Telemedicina. É por esta via que nós consideramos que estaremos a construir um Serviço Regional de Saúde de ponta como nós defendemos: universal, gratuito, mas tendendo para a excelência”, conclui José San-Bento.

Texto|Foto:GI-PS/A|Rádio Faial

About The Author

Related posts